Wout van Aert está a dois quilos e cinco semanas de forma física pretendida para a temporada de estrada. Segundo o técnico da Jumbo-Visma, Marc Lamberts, o corredor belga poderá não estar, ainda, na melhor condição no regresso à competição, previsto para a Strade Bianche, mas deverá atingir o pico de forma a tempo das clássicas de pavé, no final da primavera.

PUB
Nova Trek Supercaliber

A temporada de ciclocrosse e o nascimento do seu filho fizeram Van Aert perder grande parte do estágio da equipa Jumbo-Visma em janeiro, por isso nas últimas duas semanas o corredor acelerou, em Tenerife, a preparação para a entrada na época de estrada.

“Esperava que Wout tivesse vindo para Tenerife com uma base um pouco mais sólida, mas não vou dramatizar. O nível de Wout é bom, mas deve ser melhor”, disse Lamberts ao jornal belga Het Laatste Nieuws.

“Ainda há muito trabalho a fazer. Senão Wout não estaria a treinar de altitude durante três semanas. Ele sabe o que deve a fazer para progredir. Ele é bom o suficiente para disputar as corridas mesmo no estado de forma atual, mas não para vencê-las. Para isso é que estamos aqui…”, explicou Marc Lamberts.

Foto de Marco Bertorello/AFP via Getty Images

Em parte, a temporada de ciclocrosse é responsável por um dos maiores obstáculos que Van Aert terá de superar antes de voltar à forma que lhe permita vencer clássicas: o peso. “O inverno é geralmente associado ao relaxamento de regimes dietéticos rígidos, devido às corridas e aos treinos de ciclocrosse, de Van Aert ganhou volume na parte superior do corpo indesejado na estrada”, disse o mesmo responsável da Jumbo-Visma.

PUB
Giant TCR 2024

“Os incontáveis ​​sprints, as subidas e descidas, a força exercida no guiador e a equilibrar-se com o corpo obrigam a que todo o corpo tenha de ter músculos fortes. Wout ganha a massa muscular muito facilmente. Não se pode simplesmente eliminar esses músculos excessivos”, referiu Lamberts.

Foto Dion Kerckhoffs/BettiniPhoto

“Dois quilos, são 7000 calorias ou um pouco mais por quilo. São 15.000 quilojoules. É muito e leva tempo a eliminar. Por outro lado, treinar forte nas subidas do Teide [montanha de Tenerife] e fazer dieta também não combinam. Baixar o seu peso tem de ser gradualmente”, acrescenta o técnico da equipa holandesa.

“Martijn Redegeld está connosco, ele é o nutricionista da equipa e monitora tudo de perto. Enquanto os outros corredores podem comer muita proteína antes de dormir, Wout tem de limitar essa ingestão. Garantimos que ingere proteínas e nutrientes suficientes para ser capaz de se recuperar das sessões de treino, mas nada mais do que isso. Eles [os ciclistas] levam o corpo ao limite. Mas, uma colher extra de quark? Não, Wout deve evitá-la.”

PUB
Riese & Müller Multitinker

O belga só deixará Tenerife em 1 de março, o que significa que perderá o Omloop Het Nieuwsblad e o Kuurne-Brussel-Kuurne no último fim de semana de fevereiro. O Van Aert estreia-se esta época na Strade Bianche, antes do Tirreno-Adriatico e de atacar, em seguida, as principais clássicas da primavera, começando com Milan-San Remo, a 20 de março, até ao Paris-Roubaix, a 11 de abril.

Lamberts prevê que o seu corredor necessite de cinco semanas, ainda, para atingir a melhor condição física, o que significa que o corredor não deverá estar ao seu melhor nível na Strade Bianche, mas somente a partir do Milão-San Remo.

A baixa de Teunissen

A queda sofrida por Mike Teunissen é um golpe para as pretensões de Van Aert nas clássicas de primavera, juntando-se a Tom Dumoulin no lote de baixas da Jumbo-Visma nessa fase da temporada.

“Com Mike [Teunissen] e um bom Tom [Dumoulin] tínhamos três peões para os finais em todas as clássicas. Espero não perder Mike durante toda a primavera, mas a sua queda foi um revés”, disse Van Aert ao Het Nieuwsblad.

“Claro que não somos a Deceuninck-QuickStep. Nunca teremos cinco peões para jogar nas partes decisivas dessas corridas. Mas já todos sabem que podemos ganhar ‘monumentos’. Tenho muita confiança nos meus companheiros”, reforçou Van Aert.

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

Também vais gostar destes!