Só na última semana foram revelados os perfis das etapas da Volta a Suíça e podemos dizer que os organizadores privilegiaram os trepadores nesta 87ª edição da corrida, na estrada entre 9 a 16 de junho.

PUB
Orbea Genius Dealers

Uma prova que servirá, como é tradição, para muitos corredores, à imagem do Critério do Dauphiné que está decorrer, como último teste para o Tour

Os corredores terão pela frente 950 quilómetros e quase 19.000 metros de desnível acumulado em oito dias de competição, e quatro chegadas em alto, que se sucederão na segunda parte da semana, além de um prólogo e uma cronoescalada a fechar.

Os roladores, além dos exercícios contra o tempo, os atacantes e os velocistas também terão palco, estes dois últimos na primeira e segunda etapas.

Mas depois… só montanha (incluido em contrarrelógio). Por isso, será um homem de classificação geral bom trepador que sucederá ao dinamarquês Mattias Skjelmose (Lidl-Trek). João Almeida?

ETAPA 1 – Vaduz-Vaduz – (Prólogo CRI: 4,8 km)

image

ETAPA 2 – Vaduz-Regendorf (176,9 km)

image

PUB
Nova Trek Supercaliber

ETAPA 3 – Steinmaur-Ruschlikon (161,7 km)

image

ETAPA 4 – Ruschlikon-San Gottardo (170,9 km)

image

ETAPA 5 – Ambri-Cari (148,6 km)

image

ETAPA 6 – Locarno- Blatten Belalp (151,4 km)

image

PUB
Cube Stereo ONE

ETAPA 7 – Villard sur Orllon-Villars sur Orllon (118,2 km)

image

ETAPA 8 – Aigle/Centre Mondial du Cyclism UCI-Villars-sur-Ollon (CRI: 15,7 km)

image


Créditos da imagem: Volta à Suíça Twitter

Também vais gostar destes!