O australiano Cyrus Monk foi o último da Paris-Roubaix a cruzar a linha de chegada, 48.18 minutos depois do vencedor Mathieu van der Poel!

PUB
Specialized Levo

Fora do tempo limite para a conclusão da prova, o corredor da equipa Q36.5 Pro celebrou sob aplausos do público após mais 6:15 horas nos quase 259,7 quilómetros do Inferno do Norte e de ter sido um dos 18 corredores desclassificados por terem chegado fora do horário.

“Acho que Paris-Roubaix é como os Hunger Games: toda a gente em casa quer ver-nos sofrer. Cada setor de empedrado é como um canhão que dispara e mata uns quantos. No meu caso, foi logo no primeiro setor, depois seguiram-se 29 setores de inferno!”, declarou.


Créditos da imagem: Cyrus Monk Twitter – https://twitter.com/Cyrus_Monk/status/1746997988336042055/photo/1

PUB
Riese & Müller Multitinker

Também vais gostar destes!