Depois da primeira etapa com final caótico, o UAE Tour continuou esta terça-feira com o contrarrelógio, completamente plano, de 12,1 quilómetros, ao redor da Ilha Al Hudayriyat.

PUB
KTM

Primeiro importante embate entre candidatos à vitória final, que não foi desperdiçada por um dos homens em melhor forma no início da temporada, recente vencedor da Volta à Comunidade Valenciana, Brandon McNulty.

O campeão norte-americano da disciplina foi dos primeiros corredores a partir e estabeleceu desde logo um grande tempo de referência, com 13.27 minutos, a uma média no limiar dos 54 km/h, apesar da oposição do habitual vento do deserto, que durou no topo da classificação até ao final.

 

PUB
TrekFest 2024

Apenas os seus companheiros na UAE Emirates, Jay Vine e Mikkel Bjerg, ameaçaram a sua liderança, respetivamente a 2 e 4 segundos. Com este hat-trick, a formação da casa posiciona-se para o ataque à classificação geral.

 

O norueguês Tobias Foss (INEOS Grenadiers / +14″) e o austríaco Rainer Kepplinger (Bahrain Victorious / +16″) completaram o top-5 da etapa.

O português da UAE Emirates, Ivo Oliveira foi 14.º, a 36 segundos do seu companheiro de equipa, McNulty e ocupa a 22ª posição da geral, àquela distância do norte-americano.

Entre os favoritos à classificação geral, destacam-se os bons resultados de Ilan Wan Wilder (Soudal Quick-Step / 6º +17″), Pello Bilbao (Bahrain Victorious / 8º +19″), Ben O’Connor (Decathlon AG2R La Mondiale / 11º +22″), Max Poole (dsm-firmenich PostNL / 14º +27″) e Adam Yates (UAE Emirates / 16 +28″). Após o sprint do dia anterior, a tabela é uma cópia da do contrarrelógio, com McNulty logicamente a vestir a camisola vermelha de líder.

PUB
Beeq

Classificações:


Crédito da imagem: UAE Team  Emirates Twitter – Sprint Cycling Agency – https://twitter.com/TeamEmiratesUAE/status/1759943194903515356/photo/1

Também vais gostar destes!