Felix Gall (AG2R Citroen) venceu a etapa rainha do Tour 2023 e desta forma vence no seu ano de estreia na competição de três semanas francesa. Na geral, Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) aumenta (muito) a diferença para Tadej Pogacar (UAE Emirates), a quem faltaram definitivamente as forças…

PUB
Beeq

Após o contrarreloógio arrebatador vivido no dia anterior, as atenções estavam viradas para os dois primeiros classificados da geral, e principalmente no que iria fazer o camisola branca no dia de hoje. Muito atacada desde início, a fuga estava difícil de se formar nesta etapa com 165 kms. Pogacar chega mesmo a cair ao km 15, devido a um toque na roda dianteira.

A fuga forma-se com os seguintes elementos: Rafal Majka (UAE Team Emirates), Thibaut Pinot (Groupama-FDJ), Neilson Powless, Rigoberto Uran (EF Education-EasyPost), Julian Alaphilippe (Soudal-Quick Step), Jack Haig (Bahrain Victorious), Giulio Ciccone, Mattias Skjelmose (Lidl-Trek), Felix Gall (AG2R-Citroën), Rui Costa (Intermarché-Circus-Wanty), Victor Lafay (Cofidis), Kevin Vermaerke (DSM-Firmenich), Krists Neilands (Israel-Premier Tech), Simon Yates, Lawson Craddock, Chris Harper (Jayco-AlUla), Clément Champoussin (Arkea-Samsic), Jonas Gregaard (Uno-X).

Simon Yates ameaçava as contas do top-10 no grupo da frente, e Giulio Ciccone defende a camisola da montanha ao garantir pontos na passagem pelo Col das Saisies, e mais à frente no Cormet de Roselend e cote de Longefoy.

Na fuga rodavam 15 ciclistas no início da subida do col de la Loze, e mantinham a vantagem para o pelotão que já se encontrava muito reduzido, comandado pela Jumbo e pela Ineos. Nesta que era a etapa rainha do Tour 2023, Felix Gall decide tentar a sua sorte a solo após um forte trabalho do seu colega de equipa, O’Connor.

PUB
TrekFest 2024

PUB
Beeq

O austríaco tinha como ameaça Simon Yates, que além de subir na geral procurava também atingir o triunfo no dia de hoje; contudo, o esforço de Gall foi suficiente para se estrear a vencer na Volta a França. Yates cruza a meta em segundo lugar, e Pello Bilbau em terceiro.

No que restava do pelotão, Tadej Pogacar deixa de conseguir acompanhar o ritmo do grupo do camisola amarela a 16 kms do fim. Já “vazio”, o esloveno foi acompanhado pelo seu colega de equipa Marc Soler, cortando a meta 7m37s após o vencedor da etapa, perdendo muito tempo para Jonas Vingegaard.

PUB
Cube Stereo ONE

Vingegaard demonstra a sua força e acaba mesmo a subir de forma isolada, aumentando cada vez mais a diferença para o esloveno, isto no segundo dia em que exibe uma forma física exímia e uma estratégia bem definida por parte da sua equipa.

Em suma, no final do dia de hoje Jonas Vingegaard aumenta a sua vantagem como líder a Volta a França. É muito provável que esteja encontrado o vencedor desta edição da prova… Pogacar é segundo, agora a 7m35s, e Adam Yates terceiro, a 10m45s.

GC Battle Explodes In High Mountains Of The Queen Stage! | Tour De France 2023 Highlights - Stage 17

Mais info:

Lê também:

Tour 2023 – 16ª etapa: ‘Super’ Vingegaard ‘pulveriza’ o CR [com vídeo]

Imagens: Twitter Volta a França // Twitter UAE Emirates // Twitter Jumbo-Visma // Twitter Lidl-Trek

Também vais gostar destes!