“Não foi planeado!” declarou Geraint Thomas após o ataque com Tadej Pogacar na final da 3ª etapa do Giro. Os dois corredores seguiram o golpe de Mikkel Honoré (EF Education-EasyPost) e depois continuaram quando o dinamarquês cedeu ao andamento do esloveno.

PUB
Giant TCR 2024

O duo acabou por ser alcançado pelo pelotão nas últimas duas centenas de metros e a vitória pertenceu a Tim Merlier (Soudal Quick-Step), mas ficou a ação e o espetáculo. “Queríamos apenas ficar longe de problemas no final da etapa no sprint. Os rapazes da equipa foram realmente incríveis e prepararam bem aquela subida. Esperávamos que Filippo Ganna e Jhonatan Narvaez estivessem comigo, mas eles perderam um pouco na subida”, contou Geraint Thomas.

“Eu vi Honoré e depois Pogacar sairem e disse para mim mesmo ‘é melhor ir’, mas uau!… Ele [Pogacar] realmente massacrou-me!”, referiu o galês.

PUB
Prototype

Os dois homens quase frustraram os planos dos velocistas, a quem esta etapa estava prometida. “Disse a Pogacar que estava cansado. Só estava a tentar manter-me na sua roda. Tentei ajudá-lo, mas pfff…, foi difícil. Olhei para trás e fiquei surpreso ao ver uma vantagem tão grande, mas sabia que eles iriam recuperar. Deu o que sobrou nas minhas pernas. Mas sim, foi um final um pouco fora do comum”, reconheceu o líder da Ineos, segundo classificado da geral.

O galês está satisfeito com a sua forma e com o início do Giro. “É um bom começo. Sinto-me bem. Continuarei a evoluir, sim, veremos” concluiu Thomas, que está a 46 segundos de Pogacar.

Na sua conta na rede social X, Geraint Thomas fez um comentário curioso sobre as ocorrências do final da etapa, em que sugere, ironicamente, a Pogacar, que se acalme no futuro. “Tudo bem, filho, divertiste-te. Vamos ter um dia tranquilo e agradável amanhã?”, escreveu.

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

E Pogacar respondeu à letra: “Amanhã vamos desde o tiro de partida”.


Créditos da imagem: Ineos Grenadiers Twitter – https://twitter.com/INEOSGrenadiers/status/1787509981798948927

Também vais gostar destes!