As luzes para bicicleta são um tipo de acessório de que nenhum ciclista deve abdicar. E enganem-se aqueles que pensam que são apenas para utilizar à noite! Fica a conhecer neste artigo as nossas impressões sobre 16 modelos que experimentámos e vê as dicas que deixamos para ajudar-te a escolher bem.

- - - Pub - - -

Cube Stereo Hybrid HPC 160

Neste artigo:

Luzes traseiras:

  • CatEye SYNC Kinetic
  • CatEye SYNC Wearable
  • Knog Cobber 330º
  • Sigma Nugget II Flash
  • Sigma Blaze
  • Syncros Tail Light
  • Specialized Flux 250 R

Luzes Dianteiras:

  • Bontrager Ion Pro RT
  • CatEye SYNC Core
  • CatEye AMPP500
  • CatEye AMPP800
  • Decathlon Elops 920 FL
  • Knog PWR Commuter
  • Sigma Buster 700
  • Specialized Flux 850
  • Syncros Front Light

luzes para bicicleta

Tanto os modelos frontais para instalar no guiador como as luzes traseiras para o espigão de selim desempenham um papel fundamental na nossa segurança em cima da bike quando as condições de iluminação natural ou artificial são escassas.

A andar à noite, com nevoeiro, com chuva e até simplesmente numa volta normalíssima em que desejamos ser vistos a 100%. Os momentos em que as luzes para bicicleta são úteis são vários e disso pode mesmo depender sermos ou não vistos a tempo pelos outros veículos (e peões) com que partilhamos cada caminho.

Mas já todos sabemos isto, certo? Para “materializar” este facto, a equipa GoRide.pt decidiu juntar um vasto lote de luzes com bateria incorporada e carga por USB que, por especificações como a polivalência o alcance, o peso, a autonomia e o preço, entre outros, podem ser opção na tua seleção de uma luz para a bike. E para estrada, BTT ou uso urbano, por exemplo.

A seguir equipámos a bicicleta com cada uma das luzes que as várias marcas e distribuidores nos emprestaram e fizemo-nos à “estrada” durante vários dias, tanto de dia como de noite, umas vezes com chuva e outros com nevoeiro, até. E em cenários compostos por estradas secundárias asfaltadas ou por single tracks cerrados e corta-fogos de BTT.

luzes para bicicleta

Aqui ficam então as nossas impressões resumidas sobre cada uma destas 16 luzes para bicicleta. Mais abaixo adicionamos ainda algumas considerações sobre os vários tipos de iluminação que podemos usar na bike, bem como meia dúzia de dicas a seguir no momento de escolher um modelo. Esperamos que gostes!

Luzes para bicicleta traseiras:


CatEye SYNC Kinetic

Potência: até 50 lumens
Dimensões: 7 x 2 cm
Peso: 41 gramas
Indicador de carga: sim
Tempo de carregamento: 2,5 horas
Autonomia anunciada: até 15 horas em luz fixa e até 50 horas em modo flash
Preço: 69,99 euros
Site: www.jasma.pt

Os produtos deste fabricante japonês revelam uma excelente qualidade geral. Neste caso da luz de segurança SYNC Kinetic, vê-se perfeitamente que tudo foi previamente estudado e desenvolvido para conferir eficiência, um manuseio intuitivo e uma elevada durabilidade.

O design vertical pretende acompanhar o espigão de selim, com o suporte da luz a apresentar uma forma contrária à inclinação do espigão, para que depois de instalada fique numa posição mais vertical, para uma melhor visibilidade.

São seis modos de luz, dois fixos e quatro intermitentes, cada um com incrementos de intensidade. Trata-se de uma luz traseira equipada com o sistema Kinetic, que inclui um sensor que aciona o modo mais forte de intensidade quando “desaceleramos” a bike.

Este sistema destaca-se ainda pela possibilidade de sincronização com a luz dianteira e com outra que podemos ter instalada no capacete (as SYNC Core e SYNC Wearable, respetivamente).

A correia de borracha para prender a luz ao espigão de selim apresenta qualidade, revela-se resistente e garante uma instalação ajustada.

Pontos que destacamos:

  • Possibilidade de sincronização com outras luzes (sistema SYNC).
  • Boa visibilidade em geral.

CatEye SYNC Wearable

Potência: até 50 lumens
Dimensões: 4 x 4 cm
Peso: 30 gramas
Indicador de carga: sim
Tempo de carregamento: 2,5 horas
Autonomia anunciada: 18 horas com luz fixa e até 45 horas em modo flash
Preço: 69,99 euros
Site: www.jasma.pt

Esta é uma luz bastante compacta e polivalente, que nos dá a possibilidade de sincronizá-la com outras unidades, como acontece com o modo referido acima, graças ao sistema SYNC da marca.

A sincronização do sistema é simples de executar e garante que toda as luzes que estamos a usar possam funcionar em sincronia, especialmente entre as duas unidades traseiras quando estão num dos modos flash.

A Wearable tem uma forma circular e emite uma luz de até 50 lumens com seis modos diferentes. Mesmo não sendo muito grande, assegura uma boa visibilidade para o ciclista/utilizador.

Na parte de trás há um grampo que permite prendê-la ao equipamento em vez de ao espigão, por exemplo, se bem que a correia de borracha é ajustável a qualquer diâmetro de espigão de selim.

Pontos que destacamos:

  • Possibilidade de sincronização com a luz dianteira e traseira (sistema SYNC).
  • Com sensor, ao desacelerarmos é acionado o modo mais intenso da luz.
  • Com suporte para a bicicleta ou para o capacete e equipamento.

Knog Cobber 330º

Potência: até 170 lumens
Dimensões: 10 x 3 cm
Peso: 81 gramas
Indicador de carga: não
Tempo de carregamento: não disponível
Autonomia anunciada: até 3,5 horas com luz e até 100 horas em modo flash
Preço: 79,99 euros
Site: www.scvouga.pt/ciclismo/pt

Com um formato cilíndrico, a Cobber 330º garante uma soberba visibilidade à distância, tudo graças aos 170 lumens de potência apresentados.

Mais: a construção e o design fazem com que consigamos ser bem avistados por trás e também pelos lados, devido à amplitude da luz a 330º.

Com oito modos e vários níveis de intensidade, além de permitir a programação de modos adicionais ao gosto do utilizador.

Pontos que destacamos:

  • Visível num raio de 330 graus.
  • Modos programáveis através de ligação ao computador.
  • Excelente visibilidade, com potência de 170 lumens e uma forma versátil.

Sigma Nugget II Flash

Potência: não disponível (mas visível a 400 metros)
Dimensões: 4 x 2,5 cm
Peso: não disponível
Indicador de carga: sim
Tempo de carregamento: não disponível
Autonomia anunciada: até 8 horas
Preço: 12,95 euros
Site: www.sigmasport.com/en

Esta é uma das luzes mais compactas deste teste de grupo e também uma das mais pequenas do segmento, certamente. E é pequena também no preço, o que é sempre bom.

No entanto, esta Sigma II Flash cumpre bem a sua missão sob um ponto de vista do utilizador mais ocasional, já que a potência e visibilidade notadas são ajustadas ao valor a pagar, diga-se desta forma.

Tem um pequeno indicador quando a bateria tem pouca carga, muito útil, e faz-se valer de três modos de funcionamento e intensidade: potente, normal e power flashing.

Pontos que destacamos:

  • O preço bastante acessível.
  • Boa visibilidade para o tamanho que tem.
  • Excelente relação preço/qualidade.

Sigma Blaze

Potência: não disponível (mas visível a 500 metros)
Dimensões: 6 x 2 cm
Peso: 26 gramas
Indicador de carga: sim
Tempo de carregamento: não disponível
Autonomia anunciada: até 7 horas
Preço: 24,50 euros
Site: www.sigmasport.com/en

A luz traseira Sigma Blaze revela-se desde logo um modelo de segurança muito compacto e eficiente, pelo que, dado o preço, é uma boa compra.

Integra um sistema com sensor que é muito semelhante ao Kinetic da CatEye e que, em caso de desaceleração, ativa dois potentes leds.

O suporte tem um desenho contrário ao espigão, para que a luz fique o mais vertical possível, elevando os índices de visibilidade. Resulta!

O botão está bem localizado no topo e é de grande dimensão, para um fácil manuseamento. E o sistema de fixação com cinta de borracha dá para diversas espessuras de espigão.

Pontos que destacamos:

  • Sensor de luz dia/noite.
  • Função de alerta de travagem.
  • Boa qualidade em geral.

Syncros Tail Light

Potência: 9 lumens
Dimensões: 3,5 x 3,5 cm
Peso: 26 gramas
Indicador de carga: não
Tempo de carregamento: não disponível
Autonomia anunciada: até 5 horas com luz fixa e até 40 horas no modo flash
Preço: 29,99 euros
Site: www.jasma.pt 

É a luz traseira ou de segurança (ou de presença) mais pequena deste grupo e é também uma das da mais leves, também.

Com um corpo robusto em alumínio maquinado, a Tail Light da Syncros inclui uma luz LED ao centro que ela própria é o botão de ligar/desligar e para alternar entre os cinco modos de funcionamento disponíveis.

São dois modos fixos e três de luz intermitente, todos eles com diferentes intensidades e potências. E a fixação acontece através de uma correia de borracha ajustável.

Pontos que destacamos:

  • Os cinco modos de funcionamento e/ou intensidade.
  • Boa visibilidade em geral.
  • Método de ligação da luz.

Specialized Flux 250 R

Potência: até 250 lumens
Dimensões: 8 x 2,5 cm
Peso: 44 gramas
Indicador de carga: não
Tempo de carregamento: 2,3 horas
Autonomia anunciada: até 12 horas com luz fixa e até 60 horas no modo flash
Preço: 59,99 euros
Site: www.specialized.com/pt

Este modelo da Specialized baseia-se em três potentes luzes LED capazes de debitar até 250 lumens. Assim, provavelmente assume-se como a luz traseira mais poderosa do grupo, garantindo uma visibilidade acima da média em qualquer dos cinco modos de funcionamento.

O sistema de fixação deixa-nos na dúvida, contudo: estão presentes seis o’rings de borracha, a contar com diferentes espessuras de espigão de selim (ou de outro componente em que se instale a luz), mas sentimos que o método pode ser melhorado no futuro e/ou em versões seguintes.

Aconselhamos o uso do o´ring mais apertado possível, para prevenir uma eventual saída do sítio com as trepidações.

Pontos que destacamos:

  • Excelente visibilidade à distância.
  • Qualidade em geral.
  • Tempo de carregamento.

Luzes para bicicleta frontais/dianteiras:

Bontrager Ion Pro RT

Potência: até 1.300 lumens
Dimensões: 10 x 5,3 cm
Peso: 148 gramas
Indicador de carga: não
Tempo de carregamento: não disponível
Autonomia anunciada: 6 horas com luz fixa e até 22 horas no modo flash
Preço: 119,99 euros
Site: www.trekbikes.com/pt

Bastante compacta perante a potência de 1.300 lumens que apresenta, assim se mostra esta Ion Pro RT da Bontrager. Aliás, o corpo desta luz dianteira apresenta detalhes de muita qualidade, com a particularidade da lente estar recuada face ao corpo, protegendo a mesma em caso de queda.

O suporte de aperto rápido atua diretamente no guiador, permitindo um encaixe eficaz. Para facilitar o manuseio, o botão está colocado na parte de cima da luz. Com dois toques liga e a partir deste ponto podemos alternar entre os cinco modos de intensidade.

No terreno em noite de nevoeiro revelou potência, um feixe de luz muito competente e total ausência de trepidação em andamento.

Pontos que destacamos:

  • Emparelhamento com o sistema ANT+, com possibilidade de gerir o estado da bateria e outros controlos.
  • A potência de 1.300 lumens tendo em conta as dimensões.
  • Boa proteção da lente em caso de queda.

CatEye SYNC Core

Potência: até 500 lumens
Dimensões: 9 x 3 cm
Peso: 94 gramas
Indicador de carga: sim
Tempo de carregamento: 3 a 6 horas
Autonomia anunciada: até 15 horas com luz fixa
Preço: 99,99 euros
Site: www.jasma.pt

Outro modelo da CatEye, desta vez para a frente, que vem provar a qualidade e eficácia de todo este conjunto de luzes da marca. Destaca-se aqui a possibilidade de sincronização com as restantes luzes SYNC, naturalmente, e o  controlo através de uma app móvel que podemos instalar no smartphone.

O sistema de fixação ao guiador é bastante prático, dado que tem um suporte que fica instalado através de uma cinta plástica. Podemos apertá-la e ajustá-la com uma pequena roldana plástica, fazendo com que o sistema nunca saia do sítio.

Com indicador de pouca carga junto ao botão de ação e cinco modos com diferentes intensidades de luz. Potência dentro da média tendo em conta o preço abaixo de 100 euros, sem surpreender neste ponto.

Pontos que destacamos:

  • Sincronização com as restantes luzes com sistema SYNC da marca.
  • Carregamento rápido em três horas, na melhor das hipóteses.
  • Leve e compacta.

CatEye AMPP500

Potência: até 500 lumens
Dimensões: 9,5 x 3 cm
Peso: 100 gramas
Indicador de carga: sim
Tempo de carregamento: de 4 a 8 horas
Autonomia anunciada: 3 horas com luz fixa e até 50 horas no modo flash
Preço: 39,99 euros
Site: www.jasma.pt


CatEye AMPP800

Potência: até 800 lumens
Dimensões: 10 x 3 cm
Peso: 136 gramas
Indicador de carga: sim
Tempo de carregamento: de 3 a 7 horas
Autonomia anunciada: 4 horas com luz fixa e até 30 horas no modo flash
Preço: 69,99 euros
Site: www.jasma.pt

Estes modelos fecham o lote de luzes desta marca, que confessamos que nos surpreenderam pela bom desempenho e fixações. Nestes casos, são dois modelos em tudo idênticos, mas com diferentes níveis de potência de luz.

Ambas as luzes são semelhantes tanto no corpo como no suporte, que é o mesmo que vemos na unidade SYNC Core e é utilizado nas luzes dianteiras do fabricante japonês.

Boa visibilidade em profundidade e de um ponto de vista lateral, sendo muito notória a diferença da opção com 800 lumens, a qual aconselhamos aos utilizadores que circulam não só na cidade, mas que também façam passeios noturnos de BTT.

A AMPP800 tem um tempo de recarga de três horas e é relativamente leve, com um encaixe rápido e preciso.

Já a AMPP 500 tem quatro modos de funcionamento, dois de luz fixa e dois de luz intermitente pulsada, e a AMPP800 apresenta mais um adicional: o modo intermédio de luz fixa. Boas opções.

Pontos que destacamos:

  • Excelente relação preço/qualidade/desempenho.
  • Boa visibilidade sob um ponto de vista lateral.
  • Leve e compacta.

Decathlon Elops 920 FL

Potência: até 200 e 300 lumens (traseira e dianteira, respetivamente)
Dimensões: 8 x 3 cm
Peso: 62 gramas
Indicador de carga: não
Tempo de carregamento: não disponível
Autonomia anunciada: até 3 horas com luz fixa e até 3 horas no modo flash (luz frontal); até 2 horas com luz fixa e até 3 horas no modo flash (luz traseira)
Preço: 26 euros
Site: www.decathlon.pt

Ver e ser visto podia ser o título deste teste de grupo. E pode ser também o slogan desta luz, visto que, apesar de estar aqui na lista das luzes para bicicleta dianteiras, tanto pode ser montada à frente como atrás na bike.

Passamos a explicar. Esta luz destaca-se pela sua versatilidade, dado que é a única do grupo com a particularidade de desempenhar as duas funções: luz dianteira e traseira.

No topo está a lente correspondente à luz dianteira, com 300 lumens, proporcionando uma boa luz e sendo bastante “aberta”, com uma cobertura noturna abrangente.

Depois, a meio do corpo cilíndrico, está colocada a luz traseira, que apresenta um modo fixo e outro intermitente.

Já a luz dianteira tem três modos de funcionamento com diferentes intensidades.

Pontos que destacamos:

  • Preço, tendo em conta que cumpre ambas as funções (apesar de não poder fazê-lo em simultâneo…).
  • Leve e compacta.
  • Versatilidade.

Knog PWR Commuter

Potência: até 450 lumens
Dimensões: 10 x 3 cm
Peso: 81 gramas
Indicador de carga: sim
Tempo de carregamento: até 3,5 horas
Autonomia anunciada: até 2 horas com luz fixa e até 35 horas no modo flash
Preço: 59 euros
Site: www.scvouga.pt/ciclismo/pt

Além de luz frontal, este modelo da Knog é também um powerbank de 850 mAh que podemos utilizar para recarregar a bateria de equipamentos movéis, o que traz bastante versatilidade extra.

Com uma forma cilíndrica e excelentes acabamentos, esta unidade de 450 lumens tem um bom foco e a luz projetada mostra uma forma elíptica que cumpre na íntegra o que propõe e garante boa iluminação lateral.

Consideramos esta luz ideal para uma utilização urbana pela estética, potência q.b., versatilidade e funcionalidades adicionais. O sistema de fixação ao guiador é garantido por uma forte e larga correia de borracha, embora esta se encontre presa com um parafuso ao corpo da luz.

Pontos que destacamos:

  • Com ligação USB para funcionar como powerbank de 850 mAh.
  • Os vários modos de funcionamento.
  • Excelente iluminação, com foco elíptico.

Sigma Buster 700

Potência: até 700 lumens
Dimensões: 10,5 x 3,5 cm
Peso: 130 gramas
Indicador de carga: sim
Tempo de carregamento: até 4,5 horas
Autonomia anunciada: 4 horas com luz fixa e até 18 horas no modo flash
Preço: 69 euros
Site: www.sigmasport.com/en

Este modelo da Sigma para a frente é esteticamente diferente de tudo o que aqui encontramos no grupo, com uma forma triangular e um corpo bastante robusto com proteção total da lente, uma vez que está recuada face ao corpo.

O botão está colocado em cima e é de fácil manuseio, ao passo que o suporte no guiador é de aperto rápido e também apresenta um ar robusto.

Em andamento não evidenciou grande vibração e o feixe da luz revela boa profundidade, embora lateralmente pudesse estar um pouco mais otimizado. Está integrado um sistema de fixação no capacete.

Pontos que destacamos:

  • Robusta e compacta.
  • Boa proteção da lente em caso de queda.
  • Boa qualidade geral.

Specialized Flux 850

Potência: até 850 lumens
Dimensões: 8 x 3 cm
Peso: 145 gramas
Indicador de carga: sim
Tempo de carregamento: até 3 horas
Autonomia anunciada: até 6 horas com luz fixa e até 20 horas no modo flash
Preço: 119,90 euros
Site: www.specialized.com/pt

Uma luz dianteira que se destaca de todas as outras pela sua forma e conceito.

Bastante pequena e com dois focos laterais, esta unidade de 850 lumens permite que o feixe de luz seja muito abrangente lateralmente e funciona em sete modos diferente, incluindo alguns com diferentes intensidades, claro.

Um dos focos pode estar sempre fixo e o outro emite luz intermitente, a pensar numa utilização defensiva diurna. De facto, utilizamos esta luz em diversos cenários, desde estrada aberta a single tracks com vegetação densa, e confirmamos que o espectro de luz é imenso e sempre afinado.

O suporte ao guiador é robusto e compacto, de fácil aperto, e funciona. A fixação acontece por encaixe, um sistema muito consistente. O botão está colocado lateralmente, mas é de fácil manuseio.

Pontos que destacamos:

  • Dois focos lado a lado, que garantem muita iluminação e visibilidade.
  • Qualidade geral.
  • Tempo de carregamento.

Syncros Front Light

Potência: até 300 lumens
Dimensões: 6,5 x 3 cm
Peso: 49 gramas
Indicador de carga: sim
Tempo de carregamento: não disponível
Autonomia anunciada: até 6 horas com luz fixa e até 60 horas no modo flash
Preço: 33,90 euros
Site: www.jasma.pt 

A mais pequena luz dianteira que temos neste teste de grupo, é certo. E, ainda assim, consideramos este modelo Syncros uma boa opção de luz para uma utilização na cidade, com bastante iluminação projetada para o preço que custa e com visibilidade lateral q.b..

Tem 300 lumens de potência e cinco modos diferentes, cumprindo muito bem as suas “obrigações”. E é bastante fácil retirá-la do guiador quando paramos em qualquer ponto da cidade por uns minutos. É só colocá-la no bolso!

Pontos que destacamos:

  • Preço acessível.
  • Leve e versátil.
  • Modo de ligar.

Notas e dicas para escolha de luzes para bicicleta

Todas as luzes para bicicletas aqui testadas incluem os respetivos suportes ou adaptadores para as diversas dimensões de guiadores, bem como os respetivos cabos USB para recarga da bateria.

Algumas dicas para escolher acertadamente:

  • Antes de mais, e como acontece na hora de comprar qualquer acessório para a bike, tenta perceber exatamente para que tipo de uso queres a luz. Andas mais na estrada, em trilhos, ou na cidade? Há ausência total de luz ou há candeeiros? Precisas mais de ser visto ou de ver bem à tua frente? Analisa tudo e escolhe em função disso e de acordo com as dicas seguintes, também.
  • A autonomia é um dos pontos mais importantes. E aqui deves escolher em função do tempo médio das tuas voltas de bike noturnas, seja por diversão, seja por deslocação como meio de transporte. Lembra-te que quanto mais autonomia, maior a bateria; e quanto maior a bateria, maior e mais pesada será a luz. E o preço também sobe, claro.
  • Bateria ou pilhas? Hoje quase todos os modelos são alimentados por baterias de lítio. Quanto maiores e mais pesadas, maior a autonomia, à partida. Aconselhamos efetivamente este tipo de alimentação energética, já que é muito prático pegar no cabo USB e ligar a luz ao computador para recarregar a bateria. Trocar pilhas sai mais caro e tem apenas uma vantagem: podemos levar umas pilhas de reserva no bolso caso falte a bateria, certo? Tem o cuidado de recarregar sempre a bateria entre cada volta/treino à noite. Isto pode levar a que a bateria “vicie” mais cedo, mas sempre é melhor do que ficar ao escuro…
  • E a instalação? Verifica que tipo de instalação e/ou suporte existe em cada modelo, pois a tua escolha dependerá do modo como desejas prender a luz à bike. Atrás, é normalmente fixada no espigão de selim, mas também pode ir na bolsa de selim, por exemplo. À frente, normalmente a instalação acontece no avanço ou no guiador, naturalmente.
  • Fixação: há modelos com sistemas diferentes, mas a maioria opta pelos apertos e/ou o’rings de borracha. Conselho: se precisas de deixar a bike sozinha durante uns minutos e andas sempre com pressa, talvez este último modo de fixação seja mais rápido e eficaz. É tirar esse círculo de borracha, agarrar na luz e metê-la no bolso ou na mochila. Contudo, os tipos de fixação mais avançados garantem mais estabilidade nos trilhos, por exemplo.
  • E a potência? Mais uma vez, depende do uso que vais dar à luz. Se andas mais de BTT nos trilhos, precisas de uma luz frontal potente; se andas mais na estrada, precisas de uma luz traseira muito eficaz, se bem que a frontal também vai ser precisa para que te vejam bem de frente. Quais mais forte a luz, mais cara. E também pode ser maior e mais pesada, naturalmente. Lembra-te que, se andas muito à noite, gastar em luzes é um investimento e não um custo. Estás a investir em segurança…

Em jeito de conclusão a este extenso artigo, uma nota importante: comprovámos que cada vez mais a inovação e o desenvolvimento dos fabricantes tem feito com que surjam produtos que correspondem na integra às nossas necessidades. Com as luzes para bicicleta passa-se exatamente isso.

Ao experimentarmos muitos modelos e ao “mergulharmos” a fundo neste segmento, ficamos contentes em perceber que as luzes são cada vez mais leves, mais potentes, com maior autonomia, mais compactas… E isto torna estes acessórios muito fáceis de utilizar, enquanto vemos a nossa segurança garantida na estrada e nos trilhos, seja de noite, seja de dia. Podemos assim ir mais longe e desfrutar ainda mais da bicicleta.

- - - Pub - - -

Specialized Recolha em Loja

GoRide

Subscreve a Newsletter GoRide e habilita-te a ganhar um capacete Polisport Aero R!



Habilita-te a ganhar um capacete Aero R:

Mais info e regulamento.