O francês Amaury Pierron tem sido a estrela desta temporada na categoria masculina, com quatro vitórias (etapas de Lourdes, Fort William, Lenzerheide e Snowshoe) que o colocam na liderança da geral da Taça do Mundo Downhill UCI 2022.

PUB
Orbea Genius Dealers

No entanto, em Mont-Saint-Anne, no Canadá, as coisas não começaram da melhor forma. No dia anterior, na qualificação, o resultado não foi o melhor, pois Pierron foi terceiro, atrás do canadiano Finn Illes e do sul-africano Greg Minnaar. No dia da corrida, as coisas não foram melhores, pois tanto Pierron como Minnaar caíram; o francês ficou em 26º e o sul-africano no 30º lugar.

Laurie Greenland

Quem aproveitou foi o canadiano Finn Illes, bem como o britânico Laurie Greenland. Depois de uma queda na qualificação, este fez uma corrida quase perfeita e que já parecia dar-lhe a vitória… não fossem os 0.238s de diferença que Illes conseguiu na última corrida da categoria. Foi a primeira vitória do canadiano na Taça do Mundo de downhill e logo no seu país. Em terceiro terminou o australiano Troy Brosnan.

“Não consigo acreditar no que aconteceu. A minha corrente saltou, por isso até superei os meus próprios limites. Este é o melhor dia da minha vida. Vencer aqui enquanto canadiano significa muito para mim”, afirmou Finn Illes no final da prova.

Taça do Mundo Downhill UCI Mont-Sainte-Anne, homens elite:

PUB
TrekFest 2024

1. Finn Iles CAN 4:11.717
2. Laurie Greenland GBR +0.238
3. Troy Brosnan AUS +3.504
4. Aaron Gwin USA +5.814
5. Bernard Kerr GBR +6.383

Classificação geral homens elite:

1. Amaury Pierron FRA 1245 pontos
2. Finn Iles CAN 996
3. Loris Vergier FRA 758
4. Laurie Greenland GBR 731
5. Andreas Kolb AUT 626

Já na categoria feminina, a atual líder da geral, Camille Balanche, não conseguiu marcar presença no arranque devido a uma lesão na clavícula contraída durante os treinos. A lesão permitiu que a concorrência direta ficasse “pronta” para conquistar pontos, mas Myriam Nicole (a segunda na geral) não conseguiu terminar a prova devido a um furo.

Durante a qualificação, as surpresas foram a italiana Eleanora Frina, com o tempo mais rápido, e a neozelandesa Jess Blewitt, com o segundo lugar.

PUB
KTM

Nina Hoffmann

Quem beneficiou dos contratempos das adversárias e fez a melhor corrida foi então a austríaca Valentina Höll. Terminou com menos 3 segundos que Nina Hoffmann e menos 4 segundos que Eleanora Farina, sagrando-se a vencedora da prova.

“Uma corrida louca. Apenas queria descer em segurança, mas sem ser muito lenta porque a Nina é muito forte neste trilho também. Era 50/50, por isso apenas desci confiante. Talvez não tanto quando gostaria, mas o suficiente para vencer. Incrível. Tudo é possível agora”, afirmou Höll.

Valentina Höll

Taça do Mundo Downhill Mont-Sainte-Anne, senhoras elite:

1. Valentina Höll AUT 4:56.012
2. Nina Hoffmann GER +3.147
3. Eleonora Farina ITA +4.510
4. Jess Blewitt NZL +15.896
5. Monika Hrastnik SLO +16.198

Classificação general senhoras elite:

1. Camille Balanche | 1335 pontos
2. Valentina Höll | 1216 pontos
3. Myriam Nicole | 1155 pontos
4. Eleonora Farina | 951 pontos
5. Nina Hoffmann |933 pontos

PUB
TrekFest 2024

Fotos: Bartek Wolinski / Red Bull Content Pool

Também vais gostar destes!