Tom Pidcock defenderá o seu título de 2023 na Strade Bianche, este sábado. O britânico será um dos favoritos na 18ª edição da clássica italiano, depois da sua atuação, a solo, no ano passado, e para atacar o segundo triunfo consecutivo o corredor da INEOS Grenadiers estará acompanhado por uma equipa reforçada.

PUB
Nova Mondraker Dune

Desde logo, Michal Kwiatkowski, duplo vencedor da Strade Bianche (2014 e 2017), que também fará questão de tentar brilhar, após a sua desistência no Gran Camiño. Os trepadores Thymen Arensman e Geraint Thomas também estarão presentes, assim como os versáteis Magnus Sheffield, Kim Heiduk e Salvatore Puccio.

Por outro lado, não estará presente Egan Bernal, após ter estado prevista a sua participação. Todavia, a decisão já tinha sido adiantada por Steve Cummings, diretor desportivo da INEOS Grenadiers, logo após a excelente prestação do colombiano n’O Gran Camiño, em que obteve a terceira posição atrás de Jonas Vingegaard e Lenny Martinez.

PUB
Nova Mondraker Dune

“Egan não participar do Strade Bianche e algumas mudanças poderão ser feitas ao seu calendário. Ainda não temos certeza. Falaremos sobre isso nos próximos dias. Normalmente gostaríamos de anunciar com um pouco mais de clareza, mas Egan é um caso especial, com sua história”, declara.

Soudal com Julian Alaphilippe

PUB
Orbea Genius Dealers

Julian Alaphilippe participará pela sexta vez na Strade Bianche. O francês tem sentimentos díspares da clássica italiana do ‘sterrato’. Por um lado, como esquecer a magnífica vitória em 2019 e o segundo lugar em 2021, apenas batido pelo estratosférico Mathieu van der Poel?

Por outro lado, é esta corrida que começou e marcou o período mais difícil da sua carreira: aquele por que ainda passa, após uma queda violenta na edição de 2022.

Na sua equipa, a Soudal Quick-Step, Alaphilippe estará acompanhado pela atração deste início de temporada na formação belga, Paul Magnier, que participará na sua primeira corrida de WorldTour, e destaque ainda para o experiente dinamarquês Kasper Asgreen, terceiro na edição de 2022.

 

“Estamos motivados para aquela que é uma das corridas mais bonitas do ano”, afirma Davide Bramati, diretor desportivo da Soudal Quick-Step. “Julian e Kasper são dois corredores que já subiram ao pódio três vezes na Strade Bianche, enquanto para os jovens da equipa será uma boa oportunidade de ganhar experiência. Esperamos um bom resultado no final”, conclui Bramati.


Créditos da imagem: Strade Bianche Twitter – https://twitter.com/StradeBianche/status/1632040451296436225/photo/1

Também vais gostar destes!