A chuva da noite anterior deixou um percurso pesado e muito delicado para o grande dia da Shimano Super Cup Massi, este domingo. Todos os ciclistas estavam ansiosos e inquietos para ver como iria evoluir o tempo no dia da corrida, que acabou por ser um sucesso, reunindo mais de 15 mil espetadores em diferentes pontos do circuito de Banyoles, Espanha.

PUB
Specialized Levo

Na categoria de elite feminina, a americana Haley Batten (Specialized Factory Racing) mostrou-se à vontade na lama do traçado e não deu hipóteses às rivais. Batten marcou o ritmo desde o arranque, com todas as favoritas a segui-la, embora antes do final da primeira volta tenha conseguido abrir uma pequena diferença.

A dureza do percurso pela falta de aderência foi confirmada pela campeã europeia, Loana Lecomte, que caiu duas vezes, perdendo assim qualquer possibilidade de vitória. Por sua vez, a austríaca Mitterwallner (Cannondale Mountain) tentou alcançar Batten, mas sem sucesso.

Mitterwallner conseguiu manter o segundo lugar e a bicampeã mundial Evie Richards (Trek Factory Racing) venceu o sprint para o terceiro lugar do pódio.

PUB
Riese & Müller Multitinker

Quanto às portuguesas, Raquel Queirós (MMR Factory Racing Team) foi a melhor, ao terminar na 17ª posição, a quase seis minutos de Haley Batten. Ana Santos (X-Sauce Factory Team) foi 24ª, a pouco mais de oito minutos e Beatriz Sousa 45ª, a quase 15.

Na categoria elite masculina assistiu-se a uma prova de altíssimo nível, que não surpreendeu, pois estavam presentes 15 atletas do top 20 mundial. O sul-africano Alan Hatherly impôs um bom ritmo desde o início, tentando abrir o mais cedo possível diferenças para os rivais. Mas ninguém quis perdê-lo de vista.

O campeão francês, Titouan Carod (Team BMC), o campeão romeno, Vlad Dascalu (Trek Factory Racing XC), o campeão brasileiro, Henrique Avancini (Caloi Henrique Avancini Racing), Jordan Sarrou (Team BMC) e um sempre combativo David Valero (espanhol da BH Coloma Team), mostravam-se prontos para dificultar para o corredor da Cannondale Mountain.

PUB
Riese & Müller Multitinker

Uma poderosa mudança de ritmo de Valero quebrou a “união” do grupo, levando Hatherly e Carod com ele. Apesar dos diferentes ataques, ninguém conseguiu se destacar, acabando o trio por ser apanhado por Mathias Flückiger (Thömus Maxon), Luca Schwarzbauer (Canyon CLLCTV) e Pierre de Froidmont (Orbea Factory Team).

O mais forte foi Hatherly que no último quilómetro atacou para conseguir uma pequena vantagem (seis segundos na meta), que seria decisiva, deixando os adversários a lutar pelo segundo lugar. Esse foi para o alemão Schwarzbauer, com o francês Carod a completar o pódio.

O português Roberto Ferreira terminou na 33ª posição, a quase seis minutos do vencedor.

De recordar que esta foi uma prova cujos corredores já têm na mira a qualificação para os Jogos Olímpicos.

Classificações completas:

Também vais querer ler…

Campeã do mundo vence primeira ronda da Taça de Portugal de Downhill [com vídeo]

PUB
Nova Trek Supercaliber

Fotografias: Zubiko Photos (Shimano Super Cup Massi)

Também vais gostar destes!