O colombiano Samuel Flórez (Padronés Cortizo) venceu o Circuito da Palmeira/Prémio Peixoto Alves, terceira prova pontuável para a Taça de Portugal de Esperanças

PUB
Specialized Levo

A prova de 110,5 quilómetros, com início e final na localidade bracarense da Palmeira, foi dominada pelos vizinhos galegos da formação Padronés Cortizo. Samuel Flórez e o colega de equipa Sebastián Calderón atacaram cedo e fizeram grande parte da corrida destacados do pelotão.

Flórez fez uma média de 37,649 km/h e impôs-se por quatro segundos ao costa-riquenho Calderón. O pelotão chegou fragmentado, mas ainda assim a equipa Padronés Cortizo conseguiu também a terceira posição, através de Manuel Rodríguez, que gastou mais 2.29 minutos do que o vencedor.

O primeiro corredor das equipas portuguesas foi o russo Mark Kryuchkov (Óbidos Cycling Team), quarto classificado, a 2.38 m de Samuel Flórez. O melhor português, sexto, foi João Silva, que com este resultado cimentou o comando da Taça, com 185 pontos, mais 30 do que Mark Kryuchkov e mais 40 do que Luis López (Padronés Cortizo).

A equipa galega também venceu por equipas e viu Sebastián Calderón ganhar a geral da montanha e Samuel Flórez ser o melhor nas metas volantes.

A Taça de Portugal de Esperanças junta os sub-23 e os juniores no mesmo pelotão. Entre os mais jovens destacou-se André Dutra (Escola de Ciclismo Bruno Neves), nono da classificação absoluta. Davi Alves (Santa Maria da Feira/Segmento D’Época/Reol) foi o segundo melhor júnior e Guilherme Lino (Landeiro/KTM/Matias & Araújo) fechou o pódio dos mais jovens.

PUB
Nova Trek Supercaliber

Créditos das imagens: Federação Portuguesa de Ciclismo

Também vais gostar destes!