Rui Costa sofreu fraturas de clavícula e de omoplata e uma concussão, na sequência de queda na terceira etapa da Volta ao Algarve, entre Vila Real de Santo António e Tavira, na sexta-feira.

PUB
Giant TCR 2024

O incidente envolveu igualmente o seu companheiro de equipa na EF-Education Easy-Post, Marijn van den Berg, que também foi forçado a abandonar a corrida.

 

O corredor português da EF Education-EasyPost foi forçado a abandonar de imediato a corrida e os exames realizados no hospital determinaram as lesões, que o impede de participar nas próximas provas previstas no seu calendário.

PUB
Nova Trek Supercaliber

A equipa norte-americana emitiu um comunicado ao final da noite a informar sobre o estado clínico dos dois corredores acidentados:

“Rui Costa e Marijn van den Berg envolveram-se num acidente na etapa 3 da Volta ao Algarve. Costa abandonou e foi levado ao hospital para exames complementares, que confirmaram fraturas na omoplata e clavícula direitas. Também lhe foi diagnosticado uma concussão”, pode ler-se na referida nota.

“Van den Berg foi inicialmente autorizado a continuar em prova pela equipa médica da corrida e pela nossa equipa. Depois de várias outras avaliações nos 10 minutos seguintes, a equipa retirou Van den Berg devido a sintomas semelhantes aos de uma concussão. O corredor será agora submetido ao protocolo interno de concussão da equipa e regressará aos treinos, ligeiros, quando for autorizado. Desejamos a ambos uma recuperação boa e rápida”, conclui o comunicado da EF Education.


Créditos da imagem: Facebook Volta ao Algarve – https://www.facebook.com/photo/?fbid=795333925958481&set=pcb.795337142624826&locale=pt_PT

PUB
Orbea Genius Dealers

Também vais gostar destes!