A seleção portuguesa garantiu, pela primeira vez, uma das 38 vagas disponíveis para a prova de Cross Country Olímpico (XCO) feminino, a realizar-se nos Jogos de Tóquio, no próximo dia 27 de julho. Portugal estará representado pela atleta Raquel Queirós.

PUB
Riese & Müller Multitinker

A representação portuguesa em provas de ciclismo feminino nos Jogos Olímpicos não é inédita. Em 1996, em Atlanta, Ana Barros competiu na prova de estrada, terminando na 23ª posição. A atleta portuguesa também tinha sido apurada quatro anos antes, para os Jogos Olímpicos de Barcelona, mas um acidente durante os treinos impediu a sua participação.

Neste ano, o setor feminino não fez história apenas na vertente de XCO, visto que também teremos a presença inédita da seleção portuguesa de ciclismo de pista, que já tinha também garantido o apuramento. Portugal vai participar na disciplina de omnium, no dia 8 de agosto.

Também vais gostar destes!