Rafael Reis (Glassdrive/Q8/Anicolor) foi o vencedor do prólogo de ontem no Troféu Joaquim Agostinho 2023, que tomou lugar no Turcifal, conseguindo ainda alcançar o recorde absoluto do traçado.

PUB
Giant TCR 2024

Foi ontem que teve início a 46ª edição do Grande Prémio Internacional Torres Vedras – Troféu Joaquim Agostinho e, como habitual, a prova começou com o prólogo inicial, no Turcifal, num percurso de 8 km.

Foram 120 atletas divididos por dezoito equipas que alinharam à partida, num ano em que marcam presença seis equipas internacionais, que vão percorrer nos próximos dias um total de 490 kms.

Apesar de ser o último atleta a partir, Rafael foi o mais rápido num percurso que já conhece bem, conseguindo mesmo bater o recorde que o próprio tinha estabelecido em 2016, com um tempo de 10m07s.

O segundo posto ficou ocupado por um elemento da mesma equipa do vencedor, Mauricio Moreira, que percorreu os oito mil metros em 10m10s. Tiago Antunes (Efapel) consegui estabelecer-se no lugar mais baixo do pódio, perfazendo a distância em 10m17s.

PUB
Beeq

Mais info:

Lê também:

Troféu Joaquim Agostinho apresentado em Torres Vedras

Imagens: Facebook Troféu Joaquim Agostinho // Facebook Glassdrive/Q8/Anicolor

Também vais gostar destes!