Aerodinâmica, leveza, design e robustez. Estas são quatro caraterísticas que a Polisport destaca no novo capacete Aero R, criado a pensar na mais alta performance do ciclismo de estrada.

Polisport Aero R

A marca tem forte presença no pelotão nacional. Fábio Costa, da Kelly-InOutBuild-UD Oliveirense, é um dos ciclistas que compete com um destes capacetes. O jovem, um dos melhores sub-23, destaca como este modelo, ao ser “suficientemente tapado”, protege a cabeça em dias de frio. Porém, salienta que tem a ventilação necessária para ser utilizado quando as temperaturas estão mais altas.

O ciclista refere ainda o aperto magnético, algo que torna este item mais fácil de utilizar apenas com uma mão. Realça ainda como o aperto traseiro faz com que o ajuste na cabeça seja não só o ideal, mas também confortável.

Atletas como Fábio Costa procuram a melhor aerodinâmica e a Polisport explica que o design deste Aero R é inspirado na competição e nas velocidades elevadas que os ciclistas atingem, durante as quais “a performance não pode ser comprometida”.

“Com baixo atrito ao ar, sem comprometer o conforto e ventilação graças aos seus canais bem localizados”, afirma a marca. Os capacetes têm autocolantes refletores, um pormenor importante para quem treina na estrada.

Este Polisport Aero R conta com o sistema de fecho magnético Fidlock, já conhecido por permitir prender o capacete usando apenas uma mão e com luvas.

No tamanho M (55-58 centímetros), o capacete pesa 265 gramas, subindo para os 285 gramas no tamanho L (58-61).

E há quatro cores disponíveis, ao mesmo tempo que o preço é muito atrativo, sem dúvida: 59 euros.

Aqui fica a review em vídeo feita por  Fábio Costa e fornecida pela marca:

Mais informações: