Filip Maciejuk é o novo companheiro de equipa de Primoz Roglic na BORA-Hansgrohe. O jovem polaco da Bahrain-Victorious é mais conhecido no pelotão por ter causado, com uma manobra imprudente, a queda coletiva na edição da Volta a Flandres deste ano, provocando grave lesão ao belga Tim Wellens (UAE Emirates) que lhe arruinou o resto da temporada, e disso resultar a suspensão por um mês pela UCI.

PUB
TrekFest 2024

Todavia, Maciejuk, de 24 anos, ainda sem vitórias no WorldTour, há dois anos na Bahrain, após ter dado nas vistas pela medalha de bronze conquistada no contrarrelógio do Mundial de juniores em 2017, em Bergen, na Noruega, assinou contrato de uma temporada pela BORA-hansgrohe.

 

 

PUB
Prototype

“Estou muito feliz por ingressar na BORA-hansgrohe. Pretendo evoluir ainda mais nas clássicas e nas corridas por etapas. Sei que isso será possível numa equipa com nomes tão sonantes. Apoiarei os meus líderes tanto quanto possível e também tentarei a sorte quando se deparar. Será mais fácil a integração, porque já conheço alguns elementos do staff que também são polacos e, claro, o Cesare [Benedetti]”, disse Filip Maciejuk em comunicado divulgado pela equipa germânica chefiada por Ralph Denk.

O corredor, que esteve suspenso entre finais de julho e agosto últimos, tentará começar melhor em 2024 como elemento de trabalho da formação alemã, ao serviço dos muitos líderes, incluindo a sua nova estrela Roglic.


Imagem BORA-hansgrohe Twitter

Também vais gostar destes!