Tadej Pogacar está a apurar a sua condição física para o Tour de França na Volta à Eslovénia, onde tem dominado a seu bel-prazer. Para já, o líder da UAE tem escapado à vaga de Covid-19 que alastra no pelotão de várias corridas, em especial na Volta à Suíça, e a que não foi poupado o seu companheiro de equipa Mikkel Bjerg.

PUB
Lazer

Ao ataque desde o primeiro dia da maior competição de ciclismo do seu país-natal, apesar da concorrência mediana que enfrenta, Pogacar está a cumprir um bom teste que o confirma como principal favorito à vitória na Grande Boucle, que seria a revalidação de dois títulos consecutivos.

Foto UAE Emirates

“Sinto que estou mais forte, mais magro e mais poderoso, e também melhorei mentalmente”, disse o esloveno em entrevista à Gazzetta dello Sport.

Confiante no método de preparação escolhido para o Tour e nas suas capacidades físicas invulgares, o esloveno não deixa de assumir-se cauteloso na abordagem à grande volta francesa, considerando o percurso difícil, sobretudo na primeira semana, tradicionalmente, ‘de todos os perigos’.

Foto: Gregory Van Gansen/SprintCyclingAgency (UAE Emirates)

“Assusta-me um pouco, em especial a etapa com a longa ponte na Dinamarca, que estará totalmente desabrigada do vento, o risco de mau tempo, a eventual loucura dos espectadores na estrada e, depois, a etapa do pavé já em França. Serão dias em que teremos de sobreviver”, declara Pogacar, que ficou impressionado, durante o reconhecimento das etapas de montanha, com dificuldade do Alpe d’Huez, que os corredores do Tour terão de escalar no dia 14 de julho.

 

Tadej Pogacar referiu-se a outra estrela – como ele próprio – do ciclismo mundial, o neerlandês Mathieu van der Poel, por quem assume grande admiração e respeito. “Mathieu não é um ciclista, é um artista. Impressionou-me muito no recente Giro de Itália, ao ataque todos os dias. Tem muita classe, adoro quando competimos, mesmo quando me vence… (risos)”, afirma o esloveno, de 23 anos, que travou um duelo épico com Van der Poel no último Tour de Flandres, favorável ao corredor da Alpecin-Fenix, de 27 anos.

Foto: Giro.it

“Van der Poel faz-me sentir o orgulho de ser ciclista. Corremos para vencer, mas acima de tudo para divertimo-nos muito”, conclui Pogacar.

Foto principal: UAE Emirates

PUB
Mondraker Raze

Estás a gostar do GoRide.pt?

Então subscreve a Newsletter GoRide.pt clicando/tocando na imagem abaixo!

NEWSLETTER GORIDE.PT Newsletter GoRide.pt

Goride Team
Toda a GoRide Team alimenta este site como se não houvesse amanhã :) Damos preferência a tudo o que envolver diversão em cima de uma bike!

    Também vais gostar destes!

    Mais em Em destaque