A equipa Trek-Segafredo repete a “façanha”: Elisa Longo Borghini venceu hoje a París-Roubaix Femmes 2022, depois da vitória do ano passado de Lizzie Deignan. E a formação trabalhou muito para o resultado final, unindo esforços durante toda esta 2ª edição da prova, até que a italiana escapou para entrar isolada no velódromo André Pétrieux.

PUB
Nova Trek Supercaliber

Nos primeiros momentos da corrida foram Ellen van Dijk e Lucinda Brand quem marcou o ritmo, até que ao km 34 a campeã italiana lançou o ataque decisivo, aquele que lhe permitiu vencer mais uma clássica depois do êxito em provas como Ronde van Vlaanderen, Trofeo Alfredo Binda, Strade Bianche e GP de Plouay…

A belga Lotte Kopecky (SD Worx) esforçou-se ao máximo para não perder de vista Elisa, até que mais perto do fim teve inclusive de sofrer para manter o 2º posto, que ficou decidido ao sprint com Lucinda Brand. Ou seja, a Trek-Segafredo repete os resultados de 2021: vitória e também o 3º lugar do pódio.

A corrida foi um êxito em termos de participação, com 139 senhoras a partirem de Denain com condições de clima perfeitas.

PUB
Nova Trek Supercaliber

Faltam à “chamada” nomes como Meava Squiban (Stade Rochelais Charente-Maritime) e a mediática ciclista holandesa Marianne Vos (Jumbo-Visma), já que ambas testaram positivo à Covid-19 horas antes da partida.

Mais info:


Fotos e vídeo: París-Roubaix // Tour de France

Também vais gostar destes!