Yves Lampaert foi vítima de uma queda nos últimos quilómetros da Paris-Roubaix, este domingo, causada por um toque num espectador à beira da estrada. O belga da Quick-Step Alpha Vinyl, que na altura do incidente rodava com Matej Mohoric (Bahrain-Victorious) e mantinha boas chances de terminar em lugar de pódio, desabafou a sua frustração no final da corrida.

PUB
Cube Stereo ONE

“Quando estou a preparar-me para fazer uma curva, junto à berma, o espectador não se recolhe, não dá um passo a trás, e pelo contrário estende a mão. Bato nele e perco o controlo do guiador. É uma pena que algo assim aconteça. Para essas pessoas será melhor ficarem em casa. Não é espectador!”, afrmou Lampaert.

PUB
KTM

O corredor da Quick-Step Alpha Vinyl terminou apenas no 10º lugar e não conteve as palavras: “Chama-se a isso de fã? Não é um adepto, é um bezerro! Se não percebe onde está o perigo à beira da estrada, então fique em casa!”, desabafou Lampaert, que mais tarde reconheceu, na sua conta do twiter, ter exagerado na linguagem.

“Dylan van Baarle foi o mais forte, mas sinceramente acho que merecia lutar pelo pódio. Estou muito me dececionado”, concluiu o corredor de 31 anos.

Também vais gostar destes!