A etapa rainha da Paris-Nice, no sábado, vai ser modificada devido a previsão de condições climatéricas desfavoráveis, anunciou a organização da prova francesa, que suprimiu a chegada a Auron, onde é expectável que neve no penúltimo dia da Corrida ao Sol.

PUB
Orbea Genius Dealers

A chegada da 7.ª etapa será transferida para Madone d’Utelle, subida de 15,3 quilómetros de extensão com uma inclinação média de 5,7% e passagens a 8%, informou ainda a organização.

O anterior percurso previa a ascensão do Col de la Colmiane (1500 metros de altitude) e a referida meta em Auron (1600 metros).

“Devido às condições climatéricas desfavoráveis registadas no departamento dos Alpes-Marítimos e em função das previsões meteorológicas para o fim de semana, e com o objetivo de garantir a segurança dos corredores, a organização do Paris-Nice [….], em concertação com o colégio de comissários da União Ciclista Internacional, os representantes das equipas e dos corredores, tomou a decisão de modificar o percurso da sétima etapa”, lê-se na página oficial da corrida na rede social X.

“Após a partida de Nice, os corredores terão pela frente um percurso de 104 quilómetros e 2000 metros de desnível. Os 89 quilómetros iniciais da etapa original serão mantidos”, indica a Amaury Sport Organisation (ASO).

A Paris-Nice é liderado pelo australiano Luke Plapp (Jayco AlUla), que tem 13 segundos de vantagem sobre o segundo classificado, o colombiano Santiago Buitrago (Bahrain Victorious). O português João Almeida (UAE Emirates) é quarto, a 29, estando a dois segundos do terceiro, o seu companheiro norte-americano Brandon McNulty.


Créditos da imagem: Visma-Lease a Bike – https://twitter.com/vismaleaseabike/status/1765789200136192471/photo/1

PUB
Prototype

Também vais gostar destes!