Hospitalizado em Vitória desde a violenta queda sofrida no dia 4 de abril, durante a 4ª etapa da Volta ao País Basco e ainda internado nos cuidados intensivos, Jonas Vingegaard esteve na mesa de operações esta segunda-feira para debelar a fratura da clavícula.

PUB
Specialized Levo

Uma semana depois deste grave acidente, os pais do duplo vencedor do Tour de França ainda não conseguiram falar com ele e manifestaram as suas preocupações numa entrevista ao jornal dinamarquês Ekstra Bladet. “Estamos a passar por um inferno”, admitiu Claus Vingegaard, pai de Jonas.

“Uma semana depois da queda, a minha mãe e eu ainda não tivemos nenhum contato com Jonas. Como é possível? Mas tem de ser mesmo assim”, continuou Claus Vingegaard, impotente. “Na verdade, o que sabemos é pelos media. Não é que não queiramos visitá-lo na Espanha, mas no momento não creio que devamos. Recebemos apenas pequenas atualizações”, disse o pai de Vingegaard.

Recorde-se que, Jonas Vingegaard fraturou várias costelas, uma clavícula, teve um pneumotórax e uma contusão pulmonar. Um diagnóstico pesado que já compromete a sua preparação para o mês de julho. “Jonas só irá para o Tour se estiver a 100%”, avançou Merijn Zeeman, diretor desportivo principal da Visma-Lease a Bike.

“Ele certamente sentirá falta do estágio de altitude na Serra Nevada, que decorrerá a partir do dia 6 de maio. Se for ao Tour, terá de fazê-lo por outro caminho… Se isso não funcionar, teremos de pensar noutro cenário”, esclareceu Zeeman há poucos dias.


Créditos da imagem: Visma-Lease a Bike Twitter – https://twitter.com/vismaleaseabike/status/1775946218834714906/photo/1

PUB
Beeq

Também vais gostar destes!