Os corredores da equipa Trek-Segafredo estrearam a geração nova da Madone, a bicicleta aero da marca norte-americana, na primeira etapa do Critérium du Dauphiné no último domingo. O estreante quadro destaca-se pelo design radical e inovador da zona de intersecção dos tubos vertical (do selim), horizontal (superior) e os das escoras, criando um espaço.

PUB
Mondraker Raze

A imagem mais relevante da nova solução de design da Trek na Madone é a descontinuidade do tubo vertical ao ‘abrir-se’ em duas partes na zona superior das escoras, ligando-se a estas, que, por sua vez, depois, mais acima, se unem ao tubo superior.

Mat Brett (road.cc)

Mat Brett (road.cc)

O espaço formado pelo tubo do selim ‘interrompido’ e as escoras é denominado de IsoFlow, que sugere que a Trek reivindicará algum tipo de benefício aerodinâmico, embora o fabricante ainda não tenha feito qualquer anúncio oficial da nova bicicleta.

Mat Brett (road.cc)

Por outro lado, não se vislumbra do sistema IsoSpeed – estreado na Domane em 2012, lançado depois na Madone em 2016 e mais recentemente na gravel Checkpoint – que otimiza o conforto através do amortecimento por um elastómero ajustável ao peso do ciclista e ao tipo de utilização. O IsoSpeed foi projetado para permitir que o tubo do selim se mova independentemente do resto do quadro. Por isso, supõe-se que o novo design se destina a fazer o mesmo trabalho, mas de maneira mais simples e leve.

Dario Belingheri / Getty Images

PUB
Canyon Lux WC 2022

Outra alteração importante visível a olho nu é a eliminação da curvatura do tubo superior, que era bastante acentuada no modelo atual e marcava claramente a sua imagem. Ao invés, a ampla largura tubo diagonal mantém-se como (outra) caraterística visual da Madone.

Mat Brett (road.cc)

O cockpit integrado de peça única também parece ter sido atualizado, apresentando um perfil mais fino que se afunila numa área de fixação mais esculpida.

Mat Brett (road.cc)

A Madone foi lançada pela primeira vez em 2003, ainda em versão ‘allaround’ e a última geração mais recente data de 2016, com atualizações em 2020, quando se afastou do controverso padrão BB90 da Trek, adotando o padrão T47 com rosca. A Madone alinha com a Emonda SLR (mais leve e polivalente) na gama de competição de estrada da Trek.

Foto principal: Mat Brett (road.cc) 

PUB
Catlike

Estás a gostar do GoRide.pt?

Então subscreve a Newsletter GoRide.pt clicando/tocando na imagem abaixo!

NEWSLETTER GORIDE.PT Newsletter GoRide.pt

Goride Team
Toda a GoRide Team alimenta este site como se não houvesse amanhã :) Damos preferência a tudo o que envolver diversão em cima de uma bike!

    Também vais gostar destes!

    Mais em Bikes