Chris Froome não foi selecionado para o Tour de França de 2023 pela Israel-Premier Tech e terão sido divergências no seio da sua equipa um dos principais motivos da decisão que levaram à ausência. Segundo o jornal L’Equipe, o britânico e o seu companheiro de equipa Michael Woods tiveram algumas desavenças algum tempo antes da prova gaulesa.

PUB
Prototype

Na altura, a formação israelita justificou, publicamente, que os desempenhos do quatro vezes vencedor da Volta a França (2013, 2015, 2016, 2017) não eram suficientes bons para convocá-lo para a edição de 2023 da corrida, designando Michael Woods como líder. Uma aposta que revelaria bem-sucedida, uma vez que o canadiano venceu a etapa do Puy Dôme (9ª).

Christopher Froome juntou-se à equipa em 2021, com um contrato de 4,5 milhões de euros anuais, um valor substancial e inédito para esta equipa. Esta transferência não teria sido bem aceite por alguns companheiros do inglês, e em particular por Michael Woods, que não teria escondido a insatisfação e o sentimento de injustiça.

Embora o salário de Froome, entretanto tenha sido reduzido, é considerado bem acima do seu desempenho e, em particular, muito superior ao de seus companheiros de equipa. Parece que desde então os patrocinadores da Israel pressionaram os responsáveis da equipa para que Chris Froome estivesse na partida do Tour de 2024, ainda que a sua participação fosse mais figurativa do que desportiva.

Quanto a Michael Woods, não deverá estar apto para a corrida francesa, por estar a recuperar de queda durante a recente Volta à Itália, que o obrigou a abandonar devido a concussão.

No entanto, os dois principais intervenientes manifestaram espanto pela notícia do L’Equipe sobre o seu pretenso desentendimento. “Isso é novidade para mim. E para ti, Michael Woods?”, escreveu Froome na rede social X, ao que Woods respondeu: “Haha, também para mim, companheiro”. Enfim, em que é que ficamos…


Crédito da imagem: Chris Froome Twitter – https://x.com/chrisfroome/status/1766012871127789758/photo/1

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

Também vais gostar destes!