Luís Mendonça (Glassdrive-Q8-Anicolor) foi o ciclista mais consistente do Grande Prémio Douro Internacional, envergando a camisola amarela desde o primeiro dia até à última etapa que terminou em Lamego, sendo assim o vencedor da classificação geral.

PUB
Giant TCR 2024

Na última etapa, ontem, Luís Mendonça soube defender-se com um 12º lugar na etapa (a 30 segundos do vencedor), assegurando o primeiro lugar da classificação geral, sendo que já seguia líder desde a primeira etapa.

Esta última e quinta etapa disputou-se em Lamego (partida e chegada) num traçado de 144,4 kms, considerada a etapa rainha da prova. Foram 73 os ciclistas que alinharam à partida, numa corrida que se viu atacada desde muito cedo: Keegan Swirbul (Efapel) e Miguel Salgueiro (AP Hotels-Tavira-Farense) foram os primeiros a “mexer”, mas a iniciativa foi de curta duração, a serem alcançados 3 kms depois.

A corrida seguia liderada pela equipa do camisola amarela; contudo, a segunda fuga acontece ao km 31, na qual nove ciclistas se conseguem destacar na frente da corrida: António Carvalho (ABTF Betão-Feirense), Angel Sanchez e Gonçalo Amado (Tavfer-Ovos Matinados-Mortágua), Pedro Lopes (Rádio Popular-Paredes-Boavista), Gaspar Gonçalves (Efapel), Carlos Salgueiro (AP Hotels-Tavira-Farense), André Ramalho e João Medeiros (Credibom-LA Alumínios-Marcos Car) e Pablo Bonilla (Padrones-Cortizo).

Mais tarde recebem a companhia de mais dois atletas, César Fonte (Rádio Popular/Boavistas) e Carlos Gutierrez (Padrones-Cortizo), num momento de corrida em que o grupo dos fugitivos consegue uma vantagem de 1m50s para o pelotão.

PUB
Specialized Levo

A barreira dos dois minutos foi-se mantendo à medida que surgiam ataques no pelotão, mas que prontamente eram anulados pela equipa da Glassdrive-Q8-Anicolor.

Nos últimos 10 kms destaca-se o trio que discute a vitória da etapa ao sprint: Gaspar Gonçalves (Efapel), Miguel Salgueiro (AP Hotels-Tavira-Farense) e João Medeiros (Credibom-LA Alumínios-Marcos Car).

Deste poderoso trio a vitória sorri a João Medeiros, momento digno de photo finish, que terminou assim a corrida com 3h29m17s, seguido de Miguel Salgueiro e Gaspar Gonçalves.

PUB
Orbea Genius Dealers

Terminando o dia e feitas as contas, Luís Mendonça, 37 anos, termina no lugar mais alto do pódio com 18h44h30s, seguido de Luís Gomes (Kelly-Simoldes-UDO), a 21 segundos, e com Joaquim Silva (Efapel) a fechar o pódio a 26 segundos. Luís vence ainda a classificação dos pontos.

Nas restantes categorias, Rodrigo Caixas (Credibom-LA Alumínios-Marcos Car) venceu na montanha, César Fonte (Rádio Popular-Paredes-Boavista) nos sprints especiais e nas metas das autarquias, André Ramalho (Credibom-LA Alumínios-Marcos Car) nos pontos quentes, Gonçalo Carvalho (Tavfer-Ovos Matinados-Mortágua) nas metas volantes e David Delgado (Padrones-Cortizo) no combinado.

O melhor jovem foi Alexandre Montez (Credibom-LA Alumínios-Marcos Car) e o melhor ciclista amador Javier Moreno (Fonte Nova-Felgueiras). Por equipas venceu a Glassdrive-Q8-Anicolor, equipa do camisola amarela da prova.

Mais info:

Lê também:

GP Douro Internacional: David Delgado mais forte na chegada a Alijó

Imagens: Federação Portuguesa de Ciclismo // Facebook Glassdrive-Q8-Anicolor

PUB
Riese & Müller Multitinker

Também vais gostar destes!