A corredora da Lidl-Trek, Elisa Balsamo, sofreu uma aparatosa queda no sprint final na primeira etapa da Volta a Burgos, na quinta-feira. Perante a aparente gravidade do incidente, a companheira de equipa da italiana, a neerlandesa Lucinda Brand, em cuidado, parou para se certificar do estado de Balsamo, custando-lhe muito tempo na classificação geral.

PUB
Orbea Genius Dealers

A estrela do ciclocrosse está descontente com a decisão dos comissários da corrida espanhola, que lhe averbaram o tempo efetivo, mais 3.03 minutos do que a vencedora da etapa Lotta Henttala (EF Education-Cannondale).

“Segui o meu instinto humano e não o meu instinto de corrida”, escreveu Brand no X. “Parei para ver como se encontrava a minha companheira de equipa depois de uma queda violenta, a poucos metros do final. Não hesitei em parar e parei. Não me arrependo, mas ao fazer a escolha certa, perdi três minutos na classificação geral, embora tivesse a meta à vista”, acrescentou Brand.

“Se ‘Barzi’ [diminutivo de Balsamo] pudesse ter terminado, teria feito o mesmo tempo do pelotão, então por que as outras devem ser tratadas de forma diferente aos olhos da UCI?”, questionou a corredora.

Os primeiros exames e radiografias a Elisa Balsamo revelaram fraturas do osso nasal, do segundo metacarpo e uma concussão.


Crédito da imagem: Lucinda Brand Twitter – https://x.com/lucinda_brand/status/1791193301195927616/photo/2

PUB
Specialized Levo

Também vais gostar destes!