A Volta à Suíça começou com corredores helvéticos nos dois primeiros lugares do contrarrelógio de abertura em Frauenfeld, no último domingo. Stefan Küng (Groupama-FDJ) foi o mais rápido no percurso de 10,9 quilómetros, à frente de Stefan Bissegger (EF Education-Nippo), por quatro segundos, e vestiu a primeira camisola amarela da corrida.

PUB
Giant Trance X Advanced E+ Elite

Mattia Cattaneo (Deceuninck-QuickStep) completou o pódio da etapa em terceiro lugar, 12 segundos mais lento do que Stefan Kung, campeão europeu de contrarrelógio. O companheiro de equipa de Cattaneo, o francês Julian Alaphilippe obteve o melhor resultado dos principais contendores da classificação geral na corrida, no quarto lugar, a 19 segundos do vencedor.

“Foi quase em casa. Moro a um quilómetro daqui e são as estradas em que treino todos os dias”, disse Küng no final da jornada. “Tive uma preparação especial para a Volta à Suíça deste ano. Posso dizer que há duas semanas nunca teria me imaginado a vencer, porque ainda estava a desenvolver a minha forma e a fazer o primeiro treino de contrarrelógio”, contou Kung.

“Quando era jovem, sempre tive a impressão de que a primeira vitória é mais fácil do que a segunda, porque, uma vez que se vence, espera-se ganhar todos os dias. O que torna isso mais especial é que conseguimos ganhar em casa”, conclui o corredor suíço.

A etapa 2 tem 178 quilómetros e três subidas de segunda categoria.

PUB
Selle SMP

Também vais gostar destes!