Gonçalo Bandeira está imparável! O jovem atleta da Miranda Factory Team continua a somar bons resultados e na Taça do Mundo de downhill não fez por menos na qualificação: foi o mais rápido, batendo, por exemplo, o campeão do mundo Oisin O’Callaghan (The YT Mob).

- - - Pub - - -

Polisport T500

A correr em casa, Gonçalo Bandeira confirmou a sua boa forma. Este ano já se sagrou campeão nacional de elite, apesar de ainda ser júnior. Na última Taça do Mundo do ano, está a competir no seu escalão, e entre os juniores já tinha sido o mais rápido nos treinos de quarta-feira. Na qualificação desta quinta-feira, Bandeira completou a descida em 4:09.723 minutos.

Este tempo não só foi o mais rápido na sua categoria, como o melhor entre os atletas portugueses, incluindo os de elite. O irlandês O’Callaghan ficou a 1.528 segundos de Bandeira, com o terceiro mais rápido a ser o americano Dante Silva, a 2.548 segundos.

Quanto a Nuno Reis, também atleta da Miranda Factory Team, que está na segunda posição da Taça do Mundo em juniores, foi sétimo classificado, a 4.374 segundos de Bandeira.

O espetáculo promete e em elite a luta está a ser intensa e promete continuar assim até domingo. Na qualificação desta quinta-feira, os dois primeiros da geral da Taça do Mundo foram os mais rápidos e os únicos a completarem a pista em menos de quatro minutos.

O francês Loris Vergier (Santa Cruz Syndicate), atual líder da competição foi o mais rápido, com 3:59.487 minutos. O britânico Matt Walker (Madison Saracen Factory Team) gastou apenas mais 108 milésimos de segundo! O terceiro foi o americano Luca Shaw (Santa Cruz Syndicate), a 1.603 segundos.

Entre os portugueses, Emanuel Pombo (Miranda Factory Team) foi o 56º mais rápido, a 18.705 segundos de Vergier, mas garantiu um lugar entre os 60 atletas que estarão na final de sexta-feira. Tiago Ladeira (Miranda Factory Team) foi o 63º, a 22.577 segundos.

Passando para as senhoras, a francesa Myriam Nicole (Commençal/MUC-Off by Riding Addiction) confirmou o favoritismo, descendo em 4:30’.658, deixando a segunda melhor, a neozelandesa Tracey Hannah (Polygon UR), a 4.859s segundos. A terceira foi a britânica Tahnee Seagrave (Cannyon Collective FMD), a 4.984. A portuguesa Margarida Bandeira foi a décima classificada, com mais 54.982 segundos. Na categoria júnior, uma francesa também foi a mais rápida: Lauryne Chappaz (Dorval AM Pro Race Team).

A adrenalina do downhill, com alguns dos melhores do mundo presentes na Lousã, vai continuar a sentir-se até domingo, pois serão duas as rondas disputadas em Portugal. Esta sexta-feira correm-se as finais da primeira das duas etapas. Às 9h45 competem os juniores masculinos e às 10h30 terá início a prova de juniores femininas. A descida de elite feminina começa às 12h30 e a de elite masculina uma hora mais tarde.

LÊ TAMBÉM:  Taça de Portugal de downhill com vencedores definidos após mais um cancelamento

Não te esqueças que podes seguir toda a ação na Lousã através do site da Red Bull. É só clicar aqui.

GoRide

Subscreve a Newsletter GoRide!

Todos os artigos diretamente no teu email.