O australiano Michael Matthews (Jayco-AlUla) venceu, em sprint, a terceira etapa do Giro 2023, em que o belga Remco Evenepoel (Soudal Quick-Step) bonificou e reforçou a liderança da geral, agora imediatamente à frente de João Almeida (UAE Emirates), que ascendeu ao segundo lugar por troca com o italiano Filippo Ganna, que se atrasou nas subidas no final da etapa.

PUB
Specialized Levo

Matthews, de 32 anos, superiorizou-se sobre a meta, no final dos 213 quilómetros entre Vasto e Melfi, ao dinamarquês Mads Pedersen (Trek-Segafredo), segundo classificado na tirada, e ao australiano Kaden Groves (Alpecin-Deceunink), terceiro.

Depois de um início de temporada complicado – falhou a Milão-Sanremo por covid -, Michael Matthews recompensou, no final da etapa do Giro, o esforço de toda a sua equipa, que eliminou os sprinters nas subidas e desgastou outros corredores rápidos como o australiano, que num exigente falso ascendente foi o mais forte do pelotão já selecionado.

PUB
Riese & Müller Multitinker

“Não tenho palavras. O que passei nos últimos meses tem sido complicado. É uma vitória da equipa. Corremos o dia todo para isso, eles [companheiros] estiveram muito envolvidos para que eu ganhasse. Não tenho palavras, tem sido uma montanha-russa este ano, por isso vencer esta etapa é mais do que sonhava!”, disse Matthews.

A etapa foi marcada por duas subidas pouco íngremes, mas endurecidas pelas equipas com pretensões à vitória, ao que se seguiu uma descida e aproximação à meta técnicas. Mas não desestabilizou o corredor da Jayco-AlUla. “Ouvi dizer que o [Mads] Pedersen tinha largado na subida, esperava que estivesse em apuros para o sprint, então sabia que tinha de dar tudo”, explicou Matthews.

PUB
Giant TCR 2024

Nas contas da geral, Evenepoel bonificou no último sprint intermédio do dia, impondo-se a Primoz Roglic (Jumbo-Visma) e reforçou a liderança e a camisola rosa, enquanto João Almeida subiu ao segundo lugar, a 32 segundos (perdeu três segundos para o belga devido àquela bonificação).

PUB
Giant TCR 2024

Roglic completa agora o pódio do Giro, a 44 segundos do campeão do mundo (este ganhou-lhe um segundo, mas o esloveno encurtou 2 para João Almeida).

Na terça-feira, a quarta etapa liga Venosa a Lago Laceno em 175 quilómetros, o primeiro dia de montanha, com uma subida de segunda categoria a poucos quilómetros da meta.

Classificações:

Lê também:

João Almeida longe dos problemas na 2ª etapa do Giro

Imagens: Giro d’Italia Twitter

Também vais gostar destes!