Chris Froome está confirmado à partida do seu 10.º Tour! O quádruplo vencedor da Volta a França consta da formação que foi comunicada esta quarta-feira pela Israel-Premier Tech para a Grande Boucle. Após ter evidenciado, no último mês, indicadores de progresso na sua condição física sem precedentes desde o seu grave acidente em 2019, o britânico viu-se forçado desistir no recente Critério do Dauphiné, devido a doença, levantando novamente dúvidas sobre a sua presença nas estradas do Tour 2022.

PUB
First Bike

“Será ótimo participar no 10.º Tour da minha carreira, agora com a Israel-Premier Tech”, começou por dizer Froome. “Trabalhei excecionalmente duro este ano e mal posso esperar para dar tudo de mim. Vamos colocar na estrada um grande grupo de corredores e estamos ansiosos de que a batalha comece em Copenhaga”, disse o corredor de 37 anos no site da sua equipa.

 

PUB
Mondraker Raze

Além de Chris Froome, a formação eleita para o Tour inclui, no caso sem surpresa, Michael Woods e Jakob Fuglsang. O canadiano acaba de vencer a Rota da Occitânia (Route d’Occitanie – La Dépêche du Midi), juntando-lhe uma etapa, e o dinamarquês foi terceiro na Volta à Suíça.

“Estou muito animado para este Tour”, refere Michael Woods. “E depois da Rota da Occitânia também bastante confiante. A primeira semana será muito exigente, muito stressante e técnica. O meu primeiro objetivo será simplesmente não cair durante a semana de abertura. Quase venci etapas nas últimas participações no Tour, mas senti-me diminuído pelas lesões causadas pelas quedas. Desta vez, o objetivo proteger-me e dar tudo depois nas últimas duas semanas. Há muitas etapas que me agradam, espero aproveitá-las ao máximo”, declarou Woods.

Por seu turno, Jakob Fuglsang sublinha que a Grand Départ em Copenhaga, capital no seu país, será “uma experiência única”. “Mal posso esperar. Tenho certeza que os fãs dinamarqueses farão dos primeiros dias do Tour momentos inesquecíveis. Depois do terceiro lugar na Volta à Suíça sinto-me pronto para enfrentar o Tour. Trabalhei muito para chegar a este ponto de forma, que considero boa. O Tour é sempre imprevisível, mas estarei lá para deixar a minha marca e não apenas para ser mais um par de pernas no pelotão”, confidencia o corredor que foi sétimo classificado da edição de 2013 da corrida francesa.

Os outros cinco corredores selecionados pela Israel-Premier Tech são o sul-africano Daryl Impey, recente vencedor de uma etapa da Volta à Suíça, o australiano Simon Clarke, o canadiano Hugo Houle, o letão Krists Neilands e o israelita Omer Goldstein.

“Neste Tour, a prioridade para nós será vencer uma etapa”, diz Kjell Carlström, diretor geral da equipa. “Depois das nossas vitórias de etapa no Giro e na Vuelta, gostaríamos de completar a tríplice com uma vitória no Tour. Também queremos manter nossas opções em aberto e ver o que pode ser possível em termos de luta por camisolas, à imagem do que fizemos no ano passado com Michael Woods, que lutou pela camisola do melhor trepador. No entanto, a caça às etapas é definitivamente o objetivo mais importante este ano”, conclui o mesmo responsável.

PUB
Mondraker Raze

Estás a gostar do GoRide.pt?

Então subscreve a Newsletter GoRide.pt clicando/tocando na imagem abaixo!

NEWSLETTER GORIDE.PT Newsletter GoRide.pt

Goride Team
Toda a GoRide Team alimenta este site como se não houvesse amanhã :) Damos preferência a tudo o que envolver diversão em cima de uma bike!

    Também vais gostar destes!

    Mais em Em destaque