Mie Bjørndal Ottestad (Seleção da Noruega) venceu a 5ª e última etapa da Volta à Andaluzia Feminina, após bater ao sprint a compatriota Katrine Aalerud, que acabou por conquistar a geral da prova.

PUB
Specialized Levo

Tamara Dronova (Israel Premier Tech Roland) partiu para a última etapa com 47 segundos de vantagem sobre Katrine Aalerud (Movistar Team), mas nem isso fez com que a russa da Israel Premier conseguisse segurar a amarela e vencer a Volta à Andaluzia Feminina.

Katrine Aalerud, a vencedora da Volta à Andaluzia Feminina.

Apesar da ciclista russa ter segurado a vantagem na 4ª etapa, o mesmo não foi possível no último dia de competição. Na última etapa, que ligou Estepona a Castellar de la Frontera – totalizando um percurso de 95,6 quilómetros -, eis que a norueguesa da Movistar terminou a etapa na 2ª posição com 1 minuto e 4 segundos de vantagem sobre a corredora da Israel Premier.

Esta vantagem adquirida no último dia de prova foi o suficiente para Katrine Aalerud conquistar a amarela com 5 segundos de vantagem sobre Bjørndal Ottestad (Seleção da Noruega) e 29 da russa Tamara Dronova (Israel Premier Tech Roland).

No que diz respeito às corredoras portuguesas em prova, apenas Cristiana Valente (Glassdrive) e Beatriz Pereira (Bizkaia Durango) chegaram à meta final. A atual líder da Taça de Portugal conseguiu mesmo terminar no top-30, mais precisamente na 27ª posição da geral, a 17 minutos e 51 segundos da lideerança. Beatriz Pereira ficou no 62º lugar da geral.

PUB
Nova Mondraker Dune

Quanto à classificação por equipas, a equipa espanhola Laboral Kutxa terminou na 1ª posição com o mesmo tempo (42 horas, 6 minutos e 55 segundos) da Movistar Team e da Seleção da Noruega.

Mais info:

Lê também:

Zoe Zamora e Gonçalo Bandeira são os vencedores da Taça de Portugal de Downhill [com vídeo]

Imagens: Instagram @aalerud94

PUB
Prototype

Também vais gostar destes!