Já há etapas. Depois de avanços e recuos, a Volta a Portugal tem etapas definidas, com o prólogo de Fafe (27 de setembro) a dar a partida e o contrarrelógio individual em Lisboa (5 de outubro) a consagrar o vencedor. Viana do Castelo e Viseu, dois dos municípios que não quiseram receber a corrida na data original, estão presentes, assim como a Guarda, que estava reticente quanto a ser palco da Volta.

Senhora da Graça e chegada à Torre não vão faltar, numa corrida sem pausas visto ser mais curta, na versão que a Federação Portuguesa de Ciclismo vai levar para a estrada, depois da Podium ter adiado a 82ª edição para 2021. As nove equipas nacionais do escalão Continental respiram de alívio, pois vão ter a corrida que mais ambicionam e que tão é importante para os patrocinadores que investem no ciclismo português.

As equipas estrangeiras ainda não são conhecidas, pelo que para já temos  confirmadas as nove Continentais portuguesas: W52-FC Porto, Efapel, Rádio Popular-Boavista, Miranda-Mortágua, Aviludo-Louletano, Kelly-InOutBuild-UD Oliveirense, Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel, LA Alumínios-LA Sport e Feirense.

Destaques da Volta

  • 1183,9 quilómetros será distância total a percorrer da Edição Especial da Volta a Portugal 2020;
  • Haverá três etapas com final em montanha: Santa Luzia, em Viana do Castelo, terceira categoria, Senhora da Graça, em Mondim de Basto, primeira categoria, e Torre (Covilhã), categoria especial;
  • Para a luta da camisola da montanha, haverá 17 contagens: uma de categoria especial, três de primeira categoria, três de segunda, quatro de terceira e seis de quarta;
  • Serão 24,7 quilómetros de contrarrelógio: sete no prólogo e 17,7 na última etapa;
  • A distância da etapa mais longa será a primeira, com 180 quilómetros entre Montalegre e Santa Luzia, em Viana do Castelo.

Aqui ficam as etapas uma a uma:

Prólogo (27 de setembro): Fafe – Fafe, 7 quilómetros (CRI)


1ª Etapa (28 de setembro): Montalegre – Santa Luzia (Viana do Castelo), 180 quilómetros

2ª Etapa (29 de setembro): Paredes – Senhora da Graça (Mondim de Basto), 167 quilómetros

3ª Etapa (30 de setembro): Felgueiras – Viseu, 171,9 quilómetros

4ª Etapa (1 de outubro): Guarda – Torre (Covilhã), 148 quilómetros

5ª Etapa (2 de outubro): Oliveira do Hospital – Águeda, 176,3 quilómetros

6ª Etapa (5 de outubro): Caldas da Rainha – Torres Vedras, 155 quilómetros


7ª Etapa (4 de outubro): Loures – Setúbal, 161 quilómetros


8ª Etapa (5 de outubro): Lisboa – Lisboa, 17,7 quilómetros (CRI)