A Magura é especialista em travões, como sabemos, e o CBS (Combined Braking System) é a tecnologia da marca que permite a travagem combinada. Este é um sistema já utilizado em motos há muitos anos e que agora a Magura associa às bicicletas: um único comando ativa os dois travões ao mesmo tempo.

PUB
Prototype

Desta forma, segundo a marca, “as distâncias de travagem são significativamente mais curtas e a travagem passa ser mais equilibrada”.

“A distribuição ideal da força de travagem entre as rodas da frente e de trás é um fator decisivo para se obter distâncias de travagem mais curtas e, portanto, atingir maior segurança. No entanto, ambos os travões precisam de estar a funcionar de forma exímia para se atingirem valores de desaceleração perfeitos”, afirma a Magura.

A marca alemã, que está constantemente à procura de novos avanços, determina que o travão traseiro é usado com mais frequência em situações do dia a dia. “Muitos ciclistas parecem ter medo que a roda da frente fique bloqueada ou escorregue, pelo que o travão da frente tem menos utilização”, refere a Magura.

PUB
Giant TCR 2024

O novo sistema Magura CBS combina ambos os travões, mas, para isto, é necessário um distribuidor de força que consiga proporcionar diferentes percentagens de força para cada roda.

“Um estudo revelou que a travagem combinada com o CBS utiliza apenas o travão traseiro em situações de piso seco. A distância de travagem com este sistema está aproximadamente ao mesmo nível do que numa situação de travagem ideal com ambos os travões dianteiro e traseiro.”

Em concreto, este sistema entra em ação quando acionamos o travão traseiro e o distribuidor reparte uma percentagem para a roda da frente.

“Quando aplicamos força no travão traseiro, o CBS proporciona uma desaceleração proporcional e simultânea na roda da frente. A combinação dos dois é a forma mais vantajosa de se desacelerar”, explica a Magura.

PUB
KTM

A distribuição de força pode ser configurada em fábrica, consoante o tipo de bicicleta a que o sistema se destina ou, por outro lado, pode ser por mera preferência do utilizador. O tamanho do distribuidor é de pequenas dimensões, o que permite uma instalação em praticamente todas as bicicletas sem, obviamente, “danificar” a estética da mesma.

Mas o que conseguimos entender é que este sistema é realmente útil em bicicletas urbanas, nas quais a segurança está acima de qualquer outro objetivo. No que observamos de momento, em termos competitivos, o CBS poderia retirar o poder de “controlar” na sua totalidade a bicicleta, e como tal afetar as prestações.

Este sistema foi apresentado numa e-bike cargo, o caso prático ideal para o uso do CBS. Segundo a Magura, em 2024 começam a sair os primeiros modelos de série com este sistema. E como já seria de esperar será em bicicletas urbanas e trekking.

Mais info:


Imagens: Magura

Também vais gostar destes!