Richard Carapaz conquistou a medalha de ouro na corrida olímpica masculina de Tóquio este sábado, num final emocionante em que o equatoriano eliminou os seus principais rivais nas derradeiras subidas do percurso.

PUB
Nova Trek Supercaliber

 

Carapaz fez a sua primeira manobra bem-sucedida a 25 km da meta, respondendo a um ataque de Brandon McNulty (EUA), e depois de os dois se destacarem do grupo principal, com algumas das principais figuras da prova, deixou o norte-americano para trás, a 5,8 km do final, para vencer isolado no circuito de desportos motorizados de Fuji.

Na corrida pelas medalhas de prata e bronze, Wout van Aert (Bélgica) bateu por centímetros o vencedor do Tour de França, Tadej Pogacar (Eslovénia), que foi elemento determinante na seleção da corrida, como esperado, na passagem pela subida de Mikuni.

Do grupo de elite que se formou – e em que nenhum corredor português conseguiu integrar-se – saiu o ataque decisivo de McNulty e Carapaz. João Almeida foi o melhor representante luso, na 13.ª posição.

Richard Carapaz demorou a ter “consciência” do que realizara. “Depois de cortar a meta tive algum tempo a crer no que conquistara. É o melhor dia da minha vida. Obrigado a todos, obrigado ao meu país, obrigado ao Equador”, rejubilou o corredor da Ineos.

PUB
Nova Trek Supercaliber

Também vais gostar destes!