O Campeonato Nacional de ciclismo de estrada teve lugar este fim de semana em Reguengos de Monsaraz e no sábado foram vários os atletas da categoria de Masters que se sagraram campeões nacionais de contrarrelógio, num percurso de 16,7 kms entre Campinho e Perolivas.

PUB
Cube Stereo ONE

Na categoria elite amador, José Afonso (Fontinhas Activa/Promotora), conquistou o título de campeão nacional ao cabo de 21 minutos e 29 segundos. André Filipe (CPR A-do-Barbas/AKIplast/PVS) e João Jacinto (CPR A-do-Barbas/AKIplast/PVS) “fecharam” o pódio.

Já na categoria de masters 30-34 foi Renato Macedo (CPR A-do-Barbas/AKIplast/PVS) foi o grande vencedor, com tempo de 22 minutos e 24 segundos, deixando Tiago Miranda (Escola de Ciclismo de Oeiras/Parracho) e Fábio Amorim na segunda e terceira posição, respetivamente. Em masters 35, o campeão nacional foi Fábio Abreu (Proteu Cycling Team/Casa do Povo Retorta).

Em masters 40-44, João Mariano (Viveiros Vitor Lourenço/Sintra C. Ciclismo) superou a concorrência e deixou para trás José Leite (C.P.R. A-do-Barbas/AKIplast/PVS) e Marc Duarte, de forma respetiva. Na categoria de masters 45, Pedro Pinheiro (Bússola BTT/Peixovar) sagrou-se campeão nacional, com tempo de 21 minutos e 56 segundos.

Ao fim de 22 minutos e 5 segundos, Alberto Amaral (União Ciclista de Melgaço e Ponte da Barca) ergueu o título na categoria de masters 50-54, enquanto nos masters 55 foi Vítor Lourenço (Viveiros Vitor Lourenço/Sintra C. Ciclismo) o mais rápido a concluir o percurso.

Na categoria de masters 60-64, o ciclista Leonardo Sousa (Penacova/CE Gonçalves/Touch/Azeitonense), ao passo de 24 minutos e 15 segundos, superou-se aos restantes. Nos masters 65, o líder foi João Pinto (Boavista/RP/Paredes), “batendo” Vítor Graça (Ciclismo 20kms Almeirim/Restaurante O Forno) e Pedro Oliveira (Academia Joaquim Agostinho/UDO), respetivamente.

PUB
Giant TCR 2024

Na última categoria em prova, os masters +70, Manuel Domingos (Centro de Ciclismo de Loulé/ITN – Mecânica e P) celebrou o título com o tempo de 26 minutos e 59 segundos. Manuel Pontes (Póvoa Cycling Academy/CDC Navais) e Augusto Guerreiro (Academia Joaquim Agostinho/UDO) fecharam o pódio, sendo que apenas estes três corredores terminaram a prova.

Alberto Amaral, João Mariano e Manuel Domingos voltaram a sagrar-se campeões nacionais de contrarrelógio, após também terem vencido em 2022, mas nas respetivas categorias.

Mais info:

Lê também:

Ivo Oliveira sagra-se campeão nacional de fundo

Imagens: Federação Portuguesa de Ciclismo

PUB
Nova Mondraker Dune

Também vais gostar destes!