A Scott Lumen eRide baseia-se num quadro que já por si pode ser considerado um dos mais leves no recente e crescente segmento das e-bikes de montanha leves. Agora, ao cair nas mãos de um “mágico” como Dangerholm, o resultado é… a Scott DangerLumen!

PUB
Giant Trance X Advanced E+ Elite

Esta e-BTT marca na balança, no total, apenas 12,9 kg. A Scott Lumen 900 SL é a base deste projeto, e a leveza alcançada tendo em conta o tipo de bicicleta faz com que a mesma transmita um comportamento e sensações muito equiparadas ao de uma bicicleta convencional de BTT, referem.

“Do XC mais puro até ao trail e ao downcountry. Apesar de tentar elevar esta bicicleta ao máximo no ‘território’ do XC, achei boa ideia acrescentar alguns componentes que facilitam a vida em trilhos mais difíceis, para que conseguisse uma bicicleta ‘dois em um’, uma bicicleta de sonho”, explica Dangerholm.

A Scott DangerLumen na versão de 12,9 kg.

A Scott DungerLumen na versão trail de 14 kg.

Dangerholm acrescenta ainda que “também existe uma versão de trail/downcountry da mesma bicicleta”. “Se me é permitido dizer, com 14 kg esta é tão impressionante quando a DangerLumen, tendo em conta o tipo de condução e os terrenos que consegue suportar”, refere o criador sobre estas duas “peças”.

PUB
Orbea Genius Dealers

Existem obviamente alguns componentes focados na redução de peso: a transmissão é responsabilidade da Sram, mas com o grupo de estrada Sram Red eTap. Sim, o desviador traseiro é desta série, e inclui roldanas CeramicSpeed OSPW. O conjunto pedaleiro é também “especial”, é o e*thirteen e*spec Race Carbon, sendo que no caso da versão para trail é um Garbaruk de 34 dentes.

A travagem é também um pormenor de relevo nesta montagem. São os ThickStuff Piccola com discos Carbon Ti X-Rotor Steel Carbon (o conjunto pesa somente 550,8 gramas). Por outro lado, as rodas são compostas pela junção dos componentes Duke Lucky Jack SLS4 Ultra 28 e PI Rope Plus, resultando num total de 943 gramas!

PUB
Cube Stereo ONE

Nota especial ainda para a suspensão frontal, uma Intend Samurai TR de 130 mm, invertida, que apesar de não ser a opção mais leve do mercado (1.537 gramas) acrescenta ainda mais exclusividade a este projeto.

Apesar de algumas diferenças entre o modelo lightweight e o de trail, a mais óbvia é certamente o cockpit: o modelo mais leve equipa com um guiador Darimo Epsilon de 740 mm com avanço integrado (174,1 gramas). No modelo de trail, o guiador é um MCKF de 760 mm, que casa com um avanço Extralite HyperStem de 60 mm (186,4 gramas).

No que diz respeito à unidade motriz, também esta sofreu alterações: o motor TQ foi fabricado em regime de peça única e em fibra de carbono para envolver a bateria de 360Wh. Pesa menos 206 gramas que o modelo original.

Os rolamentos internos são da CeramicSpeed e os parafusos de montagem do motor são de titânio e fabricados pelo especialista Meti, subtraindo mais 71 gramas ao peso normal.

Eis as fichas técnicas completas de ambos os modelos:

PUB
Cube Stereo ONE

Mais info:

Lê também:

Scott Endorphin está de volta 27 anos depois

Imagens: Scott

Também vais gostar destes!