Não há muito tempo falámos da nova Commençal Meta V5 de enduro e agora olhamos para a versão mais “apimentada” da V5: a Meta SX V5.

PUB
BH GravelX

A Meta V5 já assentava num quadro em alumínio, como é normal na Commençal, com rodas de 29″ à frente e atrás e cursos de suspensão de 160 mm à frente e 150 mm no eixo traseiro. Mas, apesar do bom funcionamento do amortecedor traseiro, havia margem para a bicicleta evoluir…

Isto porque esta nova Meta SX V5 tem os cursos de suspensão e do amortecedor aumentados para 170 e 165 mm, respetivamente, além de que nesta nova versão as rodas dão resposta ao conceito mullet, ou seja, roda 29″ à frente e 27,5″ atrás.

O motivo da introdução de uma roda de 27,5″ atrás não é apenas para aumento do curso, a marca ambicionava também criar uma bicicleta mais fácil de manobrar. As escoras, por exemplo, são agora maiores, para contrastar com as rodas mais pequenas (dependendo dos tamanhos, as escoras medem entre 442 e 447 mm, e na versão normal são de 435-440 mm).

PUB
Orbea Genius Dealers

Assim o bom equilíbrio nas descidas está assegurado, garantem, com a distância entre eixos também a ser menor quando comparada com a da Meta V5. Por exemplo, no tamanho M, os eixos da SX apresentam a medida de 1.253 mm, enquanto na V5 são de 1.236 mm.

Segundo a Commençal, o objetivo desta nova configuração é “esticar” o conceito de enduro e dar também um “pézinho” no downhill. Para um perfil de utilizadores mais radicais…

A gama está estruturada em três modelos: a Signature (6.200 €), a Race (5.500 €) e a Essential (4.500 €), um pouco acima da Meta V5 para o mesmo equipamento.

PUB
BH GravelX

Mais info:


Imagens: Commençal

Também vais gostar destes!