As bicicletas elétricas não só vieram para ficar, como cada vez mais seduzem todo o tipo de pessoas. Desde a que procura uma forma para pedalar em passeios, sabendo que uma subida não a vai parar, ou aquela que quer uma bicicleta para o dia a dia, seja para ir trabalhar ou ir às compras, por exemplo. Esta quinta-feira surge mais uma opção de e-bike e esta é made in Portugal: chama-se BEEQ.

- - - Pub - - -

Shimano Deore 12v

“Num momento crítico para a mobilidade em que o mundo começa a pensar na bicicleta como uma alternativa segura e saudável de se mover nas cidades, a BEEQ surge como a solução para quem procura fazer a escolha certa – e-bikes de produção europeia, com foco na qualidade e a um preço competitivo.”

É assim que a marca se apresenta e salienta ter “um modelo de negócio diferenciado”, com o objetivo de mudar a forma como se olha para as bicicletas elétricas.

Como surgiu a BEEQ

A BEEQ é uma marca da RTE, com sede em Vila Nova de Gaia e a maior produtora de bicicletas na Europa. Numa altura em que em muitas das principais cidades do Velho Continente se aposta cada vez mais numa “revolução da mobilidade”, trabalhando-se para potenciar o uso de bicicletas em detrimento do automóvel, “a RTE criou este projeto para, com o seu know-how e valores de alta qualidade”, como descreve, ajudar essa revolução.

A BEEQ salienta como esta e-bike é construída para durar, além de ser “desenhada para impressionar” e, um ponto sempre importante, “acessível para comprar”.

Para ser competitiva no preço, a marca explica que optou como plataforma de venda preferencial o e-commerce. Desta forma, a BEEQ deseja “otimizar os custos da cadeira de abastecimento”. “O resultado é um equilíbrio entre a oferta de um produto com componentes de qualidade e fiáveis e a um preço mais competitivo no mercado”, afirma.

Mas a BEEQ desenvolveu também parcerias que permitem aos clientes ter acesso a pontos de serviços certificados em todo o país. Assim podem testar os modelos disponíveis.

Os modelos

São três os modelos que a BEEQ revelou. A E800 Urban Motion é ideal para quem procura uma bicicleta para andar na cidade, a pensar nas deslocações do dia a dia. Com uma bateria de 504W/h de 36V, a automia vai dos 40 aos 100 quilómetros, dependendo do peso do utilizador e das condições do piso e altimetria.

 

A BEEQ afirma ainda que se pode subir qualquer “encosta graças ao motor Brose Drive S de 250W com binário de 90 N e 320% de assistência”. O quadro de alumínio está equipado com travões hidráulicos Shimano e pneus largos 28 x 2,2. Custa 2099 euros.

C800 Trekking

 

A BEEQ descreve este modelo como “uma bicicleta elétrica à prova de um estilo de vida aventureiro e de rotinas com muita rodagem”. Está equipada de forma idêntica à E800, mas tem pneus 29 x 2,0. O preço é também 2099 euros. É um modelo que tanto se adapta à cidade, como a trilhos e montanhas.

LÊ TAMBÉM:  Já chegaram as novas Beeq C500 Trekking e Urban Motion

M500 Wild

 

É o modelo mais caro (2399 euros), equipada “com suspensão a ar Raidon 34 BOOST com eixo passante e bainhas tratadas”. Tem pneus 27,5 x 2,8 e um guiador largo de 740mm que faz da M500 Wild ideal para o cross country, apelando ao lado mais desportivo.

Mais informações:

GoRide

Subscreve a Newsletter GoRide!

Todos os artigos diretamente no teu email.