Andrea Bagioli conclui a carreira na Soudal Quick-Step em grande estilo. Depois de uma etapa da Volta à Valónia em julho e na Volta à Eslováquia em setembro, o italiano, de 24 anos, somou a terceira vitória da temporada em pouco mais de dois meses na clássica GranPiemonte, esta quinta-feira.

PUB
Cube Stereo ONE

“Foi a minha penúltima corrida com cores desta equipa incrível”, começou por declarar o transalpino, que está de saída para a Lidl-Trek.

 

PUB
KTM

“Passei nesta equipa os meus primeiros quatro anos como corredor profissional e quero agradecer ao grupo por este momento incrível. Deu-me bastante motivação. Evoluí bastante na Soudal Quick-Step, e se cheguei aonde estou hoje, foi graças a esta equipa”, continuou Andrea Bagioli, após a sétima vitória da sua carreira.

“Senti-me bem desde o início da corrida e durante a difícil subida do Alpette pedi ao Mattia [Cattaneo] para puxar mais forte. Ele fez um ótimo trabalho e depois acelerei a 16 quilómetros da chegada, confiante nas minhas hipóteses. No final dei o melhor e consegui esta grande vitória, a minha primeira numa corrida de um dia em Itália”, conclui.

Bagioli foi o mais rápido num quarteto que fez diferença a cerca de 15 quilómetros da meta. O suíço Marc Hirschi (UAE Emirates) e o espanhol Alex Aranburu (Movistar) acompanharam no pódio o sucessor do também Ivan Garcia Cortina (Movistar) no palmarés de vencedores da prova italiana. O francês Guillaume Martin, mais lento do que os seus três companheiros de fuga, teve de contentar-se com o quarto lugar.

Rui Costa (Intermarché-Circus-Wanty) foi sexto no dia em que celebra o 37.º aniversário.

Classificações:

Procyclingstats.com


Imagem GranPiemonte Twitter

PUB
Novidades Trek 2024

Também vais gostar destes!