Depois de já ter desistido na Milão-Sanremo, Arnaud De Lie não participará na Volta a Flandres, no domingo, e também não estará apto para correr a Paris-Roubaix, uma semana depois.

PUB
Riese & Müller Multitinker

O diretor geral da Lotto Dstny, Stéphane Heulot, já tinha comentado sobre o início de temporada conturbado do jovem velocista belga e agora aprofunda a sua preocupação com o estado de forma do corredor.

“Vamos conversar sobre o programa de Arnaud [De Lie]. Continuar a correr só por correr não o ajuda em nada. Conversaremos com ele e veremos o que será melhor. Talvez tenhamos de rever o seu programa de competição… Ainda não sei o que ele quer, mas precisa ser capaz de limpar a cabeça”, disse o responsável ao Het Nieuwsblad.Uma decisão de Arnaud De Lie ficar fora dos próximos dois ‘monumentos’ que foi confirmada poucas horas depois pela equipa belga. “Por vários motivos, De Lie ainda não conseguiu brilhar nas clássicas belgas desde janeiro. Após o estágio da equipa em Espanha, teve lugar um estágio de altitude em Tenerife, onde o belga de 22 anos adoeceu. Depois, teve uma queda na La Samyn que lhe causou várias escoriações e cujas consequências obrigaram-no a abandonar a Paris-Nice à 4ª etapa”, informou o dirigente da Lotto-Dstny.

Vários contratempos, que levaram a que De Lie não conseguisse competir a 100%. Por isso, em colaboração com o corredor, o departamento de gestão e desempenho da equipa decidiu que o atleta não participará nas próximas clássicas. De Lie precisará de algum tempo para recuperar e preparar-se para a segunda parte da temporada. A data de regresso às competições será definida em breve”, explicou ainda Stéphane Heulot.

Créditos da imagem: Lotto Dstny Twitter – https://twitter.com/lotto_dstny/status/1761441628927992314/photo/1

Também vais gostar destes!