Parece que foi ontem que chegou, mas a verdade é que a Trek Supercaliber, a “estrela” de XC do catálogo da marca norte-americana, já tem quatro anos de mercado. Se bem te lembras, a Supercaliber foi a primeira BTT que testámos no GoRide, ainda este nosso projeto era uma revista digital online.

PUB
Orbea Genius Dealers

Agora, a Trek diz que aprendeu todas as lições que tinha a aprender com a primeira geração deste modelo, e eis que chega a Trek Supercaliber Generation 2. Lançamento oficial e mundial hoje!

Podíamos dizer assim que este novo modelo da Supercaliber traz muitas e profundas diferenças face à original, mas de facto não é assim. O que acontece é que as diferenças são na verdade evoluções, e são poucas. Simples, as necessárias.

E a principal está no amortecedor traseiro. Relembramos que a Trek Supercaliber da primeira geração foi pioneira na integração do amortecedor no toptube, num conceito de suspensão estrutural na altura diferente de tudo o resto e com apenas 60 mm de curso. É o sistema IsoStrut, agora revisto!

PUB
Selle SMP
What is Trek IsoStrut?

O amortecedor era uma parceria entre a Trek e a Fox, mas agora o fornecedor deste componente é a RockShox com o modelo RockShox SIDLuxe IsoStrut, que tem agora 80 mm de curso e características distintas, nomeadamente por ser mais simples na manutenção e nos ajustes, refere a marca.

À frente, a suspensões frontais montadas nas várias versões da bicicleta tamvbém cresceram no curso, têm agora 110 mm (antes eram 100 mm). Na maior parte delas a suspensão é RockShox, mas também há versões com Fox, Já lá vamos.

Quanto ao quadro, há duas novidades. Há dois quadros diferentes, feitos com diferentes fibras de carbono. Um é o SL, com peso na linha da Supercaliber anterior, nas versões mais baratas, cerca de 2.030 gramas; o outro é o novo SLR, 250 gramas mais leve e servindo de base às versões mais no topo de gama (Supercaliber 9.8, 9.9 SLR).

PUB
Specialized Levo

A outra novidade é a alteração feita à geometria para adaptação às tendências mais recentes das bicicletas de XC e XCO. Um reach maior, um tubo de direção mais “descontraído”. Garante a marca que o objetivo é ter uma estrutura igualmente bem equipada, rápida, reativa, mas a descer melhor!

O quadro tem proteções inferiores no downtube, é compatível com as novas transmissões Sram sem dropout e sistema flutuante na fixação dos elementos de travagem.

Os preços deste nova Trek Supercaliber Generation 2 andam entre os 3.599 e os 10.249 euros, dependendo da versão. As listas de especificações completas e toda a restante informação estão no site da Trek, como sempre.

Mas aqui fica um resumo rápido de cada uma das sete versões, com os respetivos preços. A começar pela topo de gama, a 9.9 SLR XX AXS, com quadro SLR, rodas de carbono Kovee RSL, transmissão Sram XX SL AXS, espigão telescópico Fox Transfer SL, travões Sram Level Ultimate e suspensão RockShox SID SL Ultimate. Custa 10.249 euros.

Depois há a outra 9.9 SLR XTR, em tudo equivalente e semelhante, mas com transmissão e travões Shimano XTR e suspensão Fox Factory 34 SC, ao preço de 9.799 euros. Nas versões mais bem equipadas há ainda a 9.9 SLR X0 AXS, com rodas de carbono Kovee Pro, transmissão Sram, XO AXS, suspensão RockShox SID Ultimate, espigão Reverb AXS e travões Sram Level Silver. Custa 8.049 euros.

PUB
Novidades Trek 2024

Descendo na gama, a 6.249 euros, a mais barata com transmissão eletrónica da Sram é a Supercaliber 9.8 SLR GX AXS, ainda com o quadro novo SLR e com rodas em carbono Kovee Elite 30, suspensão SID de 110 mm e travões Sram Level Bronze. São os sistemas mais recentes de transmissão e travagem da Sram.

Há ainda a versão 9.8 SLR XT, também com quadro SLR, e com rodas Kovee Elite 30 de carbono, transmissão Shimano XT, suspensão frontal Fox Perf. 34SC e travões XT, também. O preço para Portugal é de 5.789 euros.

Por fim, as duas versões mais baratas, a 3.559 e 4.899 euros, a 9.6 SL e a 9.7 SL, ambas com o quadro SL, como o próprio nome indica. A primeira tem transmissão Shimano SLX e Deore, suspensão Recon Gold RL e travões Shimano MT500; a segunda tem rodas em alumínio Kovee Comp 25, transmisão GX AXS, suspensão Reba RL e travões Sram Level Bronze.

Mais info:

Lê também:

Hands-on GoRide.pt: capacete Trek Velocis MIPS [com vídeos]

Também vais gostar destes!