António Morgado não demorou a conquistar a primeira vitória como sub-23. Na sua segunda corrida pela Hagens Berman Axeon, o português venceu, este domingo, o Tour of Rhodes, na Grécia.

PUB
Beeq

Esta é uma prova importante para jovens ciclistas e que em 2020, por exemplo, foi ganha pelo norueguês da Uno-X Soren Waerenskjold, atual campeão do mundo de contrarrelógio de sub-23.

O primeiro dia, do prólogo, foi cancelado devido ao mau tempo, restando três etapas para disputar a prova. António Morgado esteve perto de vencer a primeira, mas foi batido no sprint, ficando na terceira posição. No entanto, as indicações foram desde logo positivas.

O vencedor da primeira tirada, Christian Lindquist (Restaurant Suri-Carl Ras), manteve-se na liderança da prova após o segundo dia, com o português a cair para a sétima posição na geral. O 25º lugar na etapa deixou-o a 10 segundos do líder. Nada que assustasse o antigo ciclista da equipa da Bairrada.

No dia de todas as decisões, Morgado não conseguiu vencer a etapa, mas o segundo lugar atrás de Andreas Miltiadis (Kiwi Atlántico-Cabo de Peñas) foi o suficiente para garantir a vitória na classificação geral, com o cipriota a ter de se contentar com o segundo posto, a apenas dois segundos do português.

O norueguês André Drege (Team Coop-Repsol) fechou o pódio, a quatro segundos de Morgado, que garantiu ainda a classificação da juventude.

Gonçalo Tavares, que também integrou a Hagens Berman Axeon esta temporada, terminou no 21º lugar, a 46 segundos do companheiro de equipa.

Houve mais um português em prova. Bernardo Gonçalves (XSpeed United Continental) fechou na 63ª posição, a quase 41 minutos do vencedor.

PUB
Beeq

Classificações:

Também vais querer ler…

Especial GoRide: o autocarro da Trek-Segafredo visto ao pormenor

Fotografia principal: @jcz__photos/Instagram Hagens Berman Axeon

Fotografia no texto: Instagram Hagens Berman Axeon

Também vais gostar destes!