O norte-americano Kyle Murphy (Rally Cycling) venceu a segunda etapa da Volta a Portugal, coroando uma longa fuga bem-sucedida de quase toda a distância da jornada (162,1 quilómetros), entre Ponte de Sor e Castelo Branco.

PUB
Riese & Müller Multitinker

 

Murphy cortou a meta 12 segundos à frente de Jony Brandão (W52-FC Porto), que se adiantou (cinco segundos) ao fracionado pelotão, onde se incluía os principais favoritos à classificação geral e o camisola amarela Rafael Reis (Efapel), que continua na liderança da corrida.

 

Numa das raras etapas que poderiam ser discutidas pelos velocistas, Marvin Scheulen (LA Alumínios-LA Sport), Kyle Murphy (Rally Cycling) e Andrew Turner (SwiftCarbon Pro Cycling) escaparam ainda antes de terem sido percorridos os primeiros dez quilómetros e mantiveram-se juntos praticamente até aos últimos cinco.

 

Marvin Scheulen garantiu a subida ao pódio como líder da classificação da montanha, mas perdeu a roda aos outros fugitivos na aproximação a Castelo Branco. Já dentro dos três quilómetros finais, Kyle Murphy acelerou e viu-se sozinho na dianteira, livrando-se de Andrew Turner.

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

 

No pelotão, Joni Brandão atacou no quilómetro final e foi o segundo a cortar a meta, a 12 segundos do vencedor e cinco segundos à frente do pelotão. O terceiro na etapa foi Luis Mas (Movistar), encabeçando o grupo principal, muito fracionado devido ao traçado sinuoso e desnivelado dentro de Castelo Branco e a uma queda a cerca de 2 quilómetros da meta.

 

A classificação geral manteve-se praticamente idêntica, com Rafael Reis no topo. O colega de equipa Mauricio Moreira é o segundo, a 13 segundos. Diego López (Equipo Kern Pharma) continua no terceiro lugar.

 

PUB
Giant TCR 2024

A vitória na etapa deu a Kyle Murphy a camisola verde, dos pontos. Juri Hollmann (Movistar Team) permanece como melhor jovem. A Efapel junta a geral coletiva à individual.

 

A terceira etapa, neste sábado, prevê-se uma das mais decisivas da competição, com a subida à Torre, onde terminará a tirada, depois de 170,3 quilómetros desde a Sertã.

Também vais gostar destes!