Tadej Pogacar prepara para regressar quase um mês depois da sua conquista esmagadora da Volta à Catalunha, este domingo, na Liège-Bastogne-Liège.

PUB
Beeq

Acabado de cumprir um estágio em altitude, o vencedor de La Doyenne em 2021 e em 2023 vítima de queda que lhe causou fratura do pulso, está a fazer um ‘desvio’ na sua preparação para a Volta a Itália e será obviamente o homem a bater após o seu impressionante início de temporada.

O esloveno conta seis vitórias em apenas nove dias de corrida, incluindo a Strade Bianche. A estrela da UAE Emirates enfrentará Mathieu van der Poel (Alpecin-Deceuninck), num segundo embate após a Milão-Sanremo, no início de março.

PUB
Schwalbe Pro One Tubeless

“Liège é uma das minhas corridas favoritas e também uma das mais difíceis, por isso é sempre bom participar”, disse Pogacar em comunicado da sua equipa.

“Desde a Catalunha passei algum tempo em altitude com alguns companheiros de equipa evoluímos bem juntos na preparação para o Giro. Para estas corridas das Ardenas temos uma equipa muito dinâmica”, declarou Pogi.

“A minha forma é boa e creio que posso ter um bom desempenho na Liège e a equipa é muito forte, oferecendo opções, o que é sempre uma vantagem. Fico muito feliz por voltar a competir”, finaliza Pogacar.

No monumento das Ardenas, Tadej Pogacar estará, como sempre, muito bem cercado pela armada da UAE Emirates, que inclui Marc Hirschi, João Almeida, Finn Fisher Black, Diego Ulissi, Sjoerd Bax e Domen Novak.


Crédito da imagem: Volta à Catalunha Twitter – https://twitter.com/VoltaCatalunya/status/1771560350854402295

PUB
Orbea Genius Dealers

Também vais gostar destes!