As bicicletas estão constantemente a evoluir. Especificamente as de estrada, que baseiam esta evolução em levar o comportamento aerodinâmico a limites impensáveis até há poucos anos. E esse comportamento não está a ser aplicado exclusivamente às bicicletas com foco aero, de contrarrelógio ou de triatlo. Falemos em particular dos guiadores integrados…

PUB
Specialized Levo

Tal está a obrigar as marcas a realizar projetos muito bem estudados, que também incluem determinados componentes. Há relativamente poucos anos, era normal ver guiadores assinados por marcas especializadas em componentes para completar as bicicletas da maioria dos fabricantes. Porém, hoje em dia, não há marca que se preze que não tenha seu guiador especial nas suas melhores bicicletas.

Fotografia: Canyon

O que se procura atualmente é a máxima integração de componentes e/ou acessórios para melhorar a referida aerodinâmica. A cablagem totalmente interna e o avanço integrado já são comuns nos guiadores mais exclusivos de cada fabricante. Isso levou, por outro lado, a que tarefas de manutenção ficassem mais difíceis e as possibilidades de personalização também são diferentes. Já não é tão fácil substituir o avanço, uma vez que faz parte do guiador, muitas vezes.

Visto que assim é, e que os guiadores integrados são algo que muitos de nós já não dispensamos, eis que apresentamos uma seleção de guiadores desse género, de várias marcas.

BMC System ICS Carbon

A BMC foi uma das primeiras marcas que se lançou no design de guiadores totalmente integrados com a sua tecnologia ICS (Integrated Cockpit System). Os que as bicicletas da marca suíça têm presentemente são uma segunda geração, em que a integração é máxima e a estética é uma das mais refinadas, além do baixíssimo peso, a partir de 305 gramas. Existem também versões para gravel.

PUB
Beeq

Cannondale SystemBar R-One by MOMODesign

A mais recente jóia da Cannondale, a SuperSix EVO LAB71, incorpora este cockpit especial feito em colaboração com os especialistas em design da MOMODesign. O resultado é um guiador com uma estética impressionante e que integra, como não poderia deixar de ser, os cabos e o avanço. O comportamento aerodinâmico, segundo a marca, é a melhor das suas criações.

Canyon CP0018 Carbon

Esta é outra das marcas que se lançou primeiro no fabrico dos seus próprios guiadores integrados. É por isso que o CP0018 mostra anos de evolução, pois pode ser modificado para oferecer diferentes configurações com apenas uma ferramenta: 40 mm de ajuste de largura ou + – 15 mm de altura, sem necessidade de qualquer tipo de espaçador.

Cervélo V-Stem Carbon

PUB
Orbea Genius Dealers

Um protagonista em tantas das vitórias Jumbo-Visma, o guiador da Cervélo com haste integrada em V é um dos mais especiais que se podem encontrar nas bicicletas de estrada. Esse aspecto ‘integrado’ esconde um guiador em duas peças que permitirá substituições mais fáceis do avanço e possibilidades de inclinação entre zero e os cinco graus.

Cube ICR Aero Cockpit System

Mais uma marca que se lançou no design do seu próprio guiador integrado. O ICR Aero Cockpit destaca-se pela sua estética fluida, em que o suporte para os ciclocomputadores da Garmin, feito pela própria Cube, está perfeitamente integrado. Para facilitar a personalização, foram projetados espaçadores denominados Aero Spacers System que proporcionam um manuseio muito simples.

Most Talon ULTRA LIGHT 1K TICR

É a marca de referência da Pinarello, o que nos faz considerar este guiador como mais uma obra de arte do fabricante italiano. Embora possa ser adquirido separadamente, foi projetado para ser colocado na nova Dogma F. Não são revelados pesos, mas a marca garante que é 13% mais leve que a geração anterior.

Syncros Creston IC SL Aero

Embora o nome da Scott não esteja nele, todos sabemos que Syncros é a sua marca de componentes. A Syncros foi pioneira em projetar guidadores de peça única integrados tanto para a estrada como para o BTT. Este em questão é que está instalado na Scott Foil com corte aerodinâmico, embora se possa comprá-lo separadamente. Tem um design maciço, como convém a um componente aerodinâmico (pesa 335 gramas), mas integra perfeitamente os cabos e o avanço.

Trek Madone OCLV

PUB
Cube Stereo ONE

O guiador integrado da Trek destaca-se, além da estética espetacular, destaca-se por apresentar dimensões pouco vistas. Com uma inspiração ‘inusitada’ no gravel, este guiador é três centímetros mais estreito na parte superior, o que permite um melhor e mais rápido manuseamento das manetes, sem perder o conforto na posição baixa, para assim se adotar posições mais aerodinâmicas. É o que diz a marca.

Wilier Filante SLR

Este guiador do quadro de trepador de corte aerodinâmico, o Filante SLR, destaca-se pelo extremo cuidado nas suas formas. Tem toda a cablagem, como não poderia deixar de ser, totalmente integrada e tem um peso de 350 gramas, incorporando espaçadores Easy Fit (para alterar a altura do guiador), que também permitem a passagem dos cabos. Existem opções deste guiador totalmente pintado, para combinar com as bicicletas da equipa Astana Qazaqstan.

Outros guiadores integrados

Como dissemos, a maioria dos fabricantes que instalam guiadores integrados (ou cockpits) estão a projetar os seus próprios modelos, mas ainda existem várias marcas que continuam a ter a confiança na indústria de marcas especializadas no fabrico de periféricos.

Este talvez seja um dos mais popularas…

Vision Metron 5D (BH, Merida…)

Esta marca, pertencente à FSA (alguns catálogos de fabricantes apelidam este guiador de FSA Metron), é uma das mais populares no circuito do mundial e podemos dizer, sem medo de errar, que é a marca de componentes mais utilizada.

Também vais querer ler…

Componentes ONOFF para 2023: avanços, espigões, discos de travão…

Fotografias: BMC Bikes // Cannondale // Canyon // Cervélo // Cube // Trek // Vision Tech // Wilier

Também vais gostar destes!