A União Ciclista Internacional (UCI) decidiu suspender a equipa da W52-FC Porto, através da retirada de licença desportiva, “na sequência da informação recebida sobre o processo que decorre na Autoridade Antidopagem de Portugal”. Com esta decisão, a equipa vê-se afastada da participação na 83ª Volta a Portugal, que começa já no próximo dia 4 de agosto.

PUB
Riese & Müller Multitinker

Numa pequena nota no seu site oficial, a Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC) vem confirmar a receção da notificação por parte da UCI e informa da retirada da licença desportiva à equipa. Esta é uma decisão que tem efeito imediato.

Em abril, dez ciclistas da W52-FC Porto, o diretor desportivo Nuno Ribeiro e o seu adjunto foram constituídos arguidos após a operação ‘Prova Limpa’, conduzida pela Polícia Judiciária.

Mais recentemente, Joaquim Gomes, diretor da Volta a Portugal, veio confirmar a participação da equipa na prova, situação que agora sofre alteração. “Esta decisão entra imediatamente em vigor, pelo que a equipa está impedida de voltar a competir”, esclarece a FPC.

Mais info:


Imagens: Facebook equipa W52-FC Porto

PUB
Giant TCR 2024

Também vais gostar destes!