A nona etapa da 107ª Volta a Itália trazia consigo um dia à medida dos sprinters e, também, um dia calmo para a classificação geral. Após uma fuga e alguma tensão final, o vencedor do dia foi Olav Kooij (Visma Lease-a-Bike).

PUB
TrekFest 2024

Hoje foi mais um dia longo e ao estilo da Volta a Itália, com 214 kms de traçado entre Avezzano e Nápoles. A fuga do dia ficou marcada pela dupla da Polti-Kometa, que integrava os ciclistas Andrea Pietrobon e Mirco Maestri.

Contudo, no pelotão, a vontade de deixar a fuga ganhar terreno não era muita, pelo que os dois ciclistas da frente foram mantidos sempre “perto”.

Com a diferença a diminuir, e a aproximação da chegada, nos 30 kms finais temos uma iniciativa de Julian Alaphilippe (Soudal-Quickstep) que leva na roda Nicola Conci (Alpecin-Deceuninck). Os dois fazem a ponte para a frente da corrida.

Alaphilippe não consegue fazer na estrada a diferença que queria, e com isto salta para a frente Jhonatan Narváez (Ineos-Grenadiers), que passo pelo francês e resiste com 7 segundos na frente do “furioso” pelotão.

Foi por pouco que o ciclista equatoriano não levava segunda etapa na Volta a Itália 2024. Mas, cá atrás, os mais rápidos vinham bem carregados de energia extra, pelo que ao sprint Olav Kooij foi o mais forte. Jonathan Milan (Lidl-Trek) foi segundo, e Juan Molano (UAE Emirates) fecha o pódio da etapa.

Nas restantes classificações não existem alterações.

PUB
Cube Stereo ONE

Mais info:



Créditos imagens: website Giro de Itália

Também vais gostar destes!