A 7ª etapa da Volta a Itália 2024 marca a aparição do primeiro contrarrelógio que, atenção, não era um qualquer! Com uma extensão de 40.6 kms e dura subida de Perugia, a dificuldade estava bem presente, mas Tadej Pogacar (UAE Emirates) voltou a mostrar que é um dos melhores.

PUB
KTM

Pouco mais de 40 kms chegaram para fazer algumas (e importantes!) diferenças no top-10 da 107ª edição da Volta a Itália. Filippo Ganna (Ineos Grenadiers) estabeleceu desde cedo um tempo “imbatível”, menos para o ciclista que enverga a maglia rosa

Tadej Pogacar venceu a etapa com uma média de 47.1 km/h, e estabelece o tempo de 51m44s. Apesar do ciclista esloveno ter feito os dois primeiros setores a perder tempo para o campeão nacional de TT italiano, Ganna, a verdade é que a subida final serviu para inverter as contas e ganhar quase um minuto sobre o mesmo.

Ganna faz segundo a 17 segundos e é seguido por Magnus Sheffield (Ineos-Grenadiers) que fecha o pódio da etapa, a 49 segundos do vencedor.

Destaque ainda para a equipa britânica que, além dos dois ciclistas no pódio, fechou ainda com Thymen Arensman (quinto lugar) e Geraint Thomas (décimo) no top-10 da etapa.

PUB
Beeq

Na classificação geral da Volta a Itália existem mudanças significativas! Tadej Pogacar aumenta a liderança para 2m36s sobre o segundo classificado, que agora é Daniel Martínez (Bora-Hansgrohe), após o oitavo lugar na jornada.

Geraint Thomas ocupa agora o último lugar do pódio na geral, com 2m46s sobre Tadej.

No top-10 temos a reentrada de nomes como Ben O’Connor (Decatlhon AG2R La Mondiale), António Tiberi (Bahrain-Victorious), Filippo Zanna (Team Jayco AIUIa) e Luke Plapp (Jayco AIUIa).

Nas restante classificações as contas mantém-se inalteradas, com exceção da juventude, liderada agora por Luke Plapp.

Top-10 Classificação Geral

Mais info:


Créditos imagens: website Giro de Itália

Também vais gostar destes!