Tadej Pogacar não tinha intenção de atacar e não era suposto que disputasse sequer a vitória na 16.ª etapa da Volta a Itália, porque lidera a prova com avanço substancial e quer poupar energia para o Tour. No entanto, o esloveno já ganha quase sem querer… Basta valer-se da sua elevadíssima superioridade sobre a concorrência.

PUB
Cube Stereo ONE

O camisola rosa do Giro vencera a segunda, sétima, oitava e 15.ª etapas, terminando a semana 2 da corrida italiana de forma triunfal, com triunfo épico em Livigno. Pois, iniciou a terceira e última semana a fazer o mesmo…

Foram 118,7 quilómetros entre Laas e o Monte Pana, em tirada encurtada devido ao mau tempo, e no final Pogacar impôs-se por 16 segundos ao italiano Giulio Pelizzari (VF Group-Bardiani CSF-Faizanè), segundo, ao colombiano Daniel Martínez (BORA-hansgrohe), terceiro, como o mesmo tempo.

Nas contas da geral, o esloveno de 25 anos é ainda mais líder, agora secundado por Daniel Martínez, a 7.18 minutos, depois de o britânico Geraint Thomas (INEOS), terceiro a 7.40, ter perdido 33 segundos para o colombiano da BORA.

Com a Movistar a imprimir o ritmo no pelotão, o francês Julian Alaphilippe (Soudal-QuickStep) e o italiano Mirco Maestri (Polti-Kometa), que já tinham sido companheiros de fuga na 12.ª etapa, que o primeiro venceu, voltaram a juntar-se em aventura, mas Maestri descolou cedo e o bicampeão do mundo de fundo de 2020 e 21 não foi muito mais longe, alcançado já na subida final, em que Pogacar se impôs, mas quase sem querer, como admitiu o polaco Rafal Majka, o seu tenente de montanha neste Giro.

Quando faltava pouco mais de um quilómetro para o fim, o esloveno, relutante, foi seguindo a roda do polaco, que lhe deu indicação de que não teria forças para disputar a vitória em etapa. Pogacar partiu, então, ‘a solo’, e não demorou a alcançar (e ultrapassar) o jovem Pellizzari, de 20 anos.

Na quarta-feira, a 17.ª etapa liga Selva di Valgardena ao Passo Brocon, com novo dia de alta montanha e chegada em alto após 159 quilómetros.

PUB
Orbea Genius Dealers

Créditos da imagem: Giro d’Italia Twitter – https://x.com/giroditalia/status/1792941951207026820/photo/1

Também vais gostar destes!