Segunda chegada em altitude na Volta à Catalunha, segunda vitória de Tadej Pogacar! Tal como no dia anterior, em Vallter, o esloveno venceu isolado em Port Ainé, depois de se distanciar a 7 quilómetros da meta.

PUB
Beeq

Após ter respondido facilmente a um ataque de Mikel Landa – cuja equipa Soudal Quick-Step trabalhou durante a etapa e no início da subida final em prol do basco -, e depois contra-atacado o espanhol, de forma irresistível para este, Pogacar voou montanha acima para conquistar o seu terceiro sucesso da temporada… em cinco dias de competição!

Depois de ter sido segundo classificado da segunda etapa, Mikel Landa afirmou-se um pouco mais como vice-líder desta 103.ª edição da Volta à Catalunha, ao ceder 48 segundos ao vencedor. O espanhol, que será gregário de luxo de Remco Evenepoel no próximo Tour, deixou para trás Sepp Kuss.

PUB
Riese & Müller Multitinker

A seguir ao basco, a 1.03 minutos de Pogacar, encontramos um trio formado por Antonio Tiberi e Wout Poels, os dois corredores da Bahain Victorious, Sepp Kuss (Visma-Lease a Bike). A 1.10 minutos, Lenny Martinez (Groupama-FDJ), Aleksandr Vlasov (BORA-hansgrohe) e Enric Mas (Movistar).

Por seu turno, João Almeida perdeu tempo, concluindo a etapa na 17.ª posição, a 1.46 minutos do seu companheiro de equipa e baixou à 10ª posição da classificação geral, a 3.52 minutos.

Na classificação geral, há um abismo entre Tadej Pogacar e os demais. Mikel Landa já está a 2.27 minutos do esloveno! Aleksandr Vlasov é terceiro a 2.55, seguido de Lenny Martinez (+ 3.21).

Classificações


Créditos da imagem: Volta à Catalunha Twitter – https://twitter.com/VoltaCatalunya/status/1770476182229712914/photo/1

Também vais gostar destes!