Depois da vitória e categórica exibição na etapa rainha da Volta à Bélgica, no último sábado, Mathieu van der Poel garantiu o triunfo final numa corrida em que foi claramente o mais forte.

PUB
Beeq

O neerlandês da Alpecin-Deceuninck superiorizou-se na classificação geral ao jovem norueguês de 23 anos Soren Waerenskjold (Uno-X), por 40 segundos. “Foi uma semana muito boa, tanto para mim como para a equipa. Rodámos bem. Vencer a Volta à Bélgica era um dos meus objetivos, por isso estou muito satisfeito por tê-lo conseguido”, explicou Van der Poel.

Uma ótima preparação para Van der Poel com vista à sua terceira participação no Tour, que começará no dia 1 no País Basco. E, dado o perfil das primeiras etapas, o objetivo mais do que provável do vencedor da Milão-Sanremo e da Paris-Roubaix de 2023 será voltar a vestir a camisola amarela.

“Será muito difícil conseguir essa façanha uma segunda vez. As primeiras etapas são realmente difíceis. O principal objetivo da equipa continua a ser vencer etapas por Jasper Philipsen. Da minha parte, selecionarei algumas em que tentarei a minha sorte e onde terei mais liberdade”, explicou o corredor de 28 anos.

Lê também:

Rota da Occitânia: Carr vence última etapa, Ruben sétimo

Imagens: Volta à Bélgica Twitter

PUB
Giant TCR 2024

Também vais gostar destes!